1 evento ao vivo

Argentina bate Uruguai e se aproxima de vaga no Mundial sub-17

5 abr 2019
22h45
atualizado às 22h45
  • separator
  • 0
  • comentários

A Argentina se aproximou de uma vaga no Mundial sub-17 durante a noite desta sexta-feira. Jogando na cidade peruana de San Marcos, o time alviceleste venceu o clássico contra o Uruguai por 1 a 0, pela segunda rodada do hexagonal final do Campeonato Sul-Americano da categoria.

O gol da Argentina foi anotado logo no primeiro minuto do segundo tempo. Após cobrança de falta, a bola sobrou na pequena área para o meia-atacante Juan Sforza, que estufou as redes uruguaias.

A vitória argentina é um troco dado pela derrota por 3 a 0 diante do Uruguai na primeira fase. Diferentemente daquele jogo, que marcou a estreia de ambas as seleções na competição, os argentinos entraram ligados e dominaram completamente os adversários, com posse de bola e marcação alta.

Em outra partida disputada nesta sexta-feira, Paraguai e Equador empataram por 1 a 1. O meia equatoriano Erick Pluas abriu o placar no fim da primeira etapa, mas Fernando Ovelar recebeu nas costas da zaga para deixar tudo igual no segundo tempo.

Com os resultados, a Argentina assume de forma provisória a liderança do hexagonal final do Sul-Americano sub-17, com quatro pontos. O Uruguai, por sua vez, cai para o quinto lugar, à frente apenas do Equador, que também soma apenas um ponto. Já o Paraguai figura na terceira posição, com três pontos.

A terceira rodada do hexagonal final será realizada na próxima segunda-feira. A Argentina encara o Chile, às 18h30 (de Brasília), enquanto o Uruguai mede forças com o Equador a partir das 20h50. Às 23h10, o anfitrião Peru enfrenta o Paraguai.

Ao término das cinco rodadas do hexagonal final, os quatro mais bem colocados garantem vaga no Mundial da categoria, que será disputado entre 5 e 27 de outubro. Embora tenha sido eliminado na primeira fase do Sul-Americano sub-17, o Brasil já está classificado por ser o anfitrião do torneio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade