PUBLICIDADE

Após interesse do Barcelona, Sterling diz que pensa em sair do Manchester City

Jogador de 26 anos tem contrato com o atual campeão da Premier League até junho de 2023, mas pode receber proposta do clube catalão já na janela de transferências de janeiro

14 out 2021 19h25
| atualizado em 15/10/2021 às 10h09
ver comentários
Publicidade

Depois de perder espaço com o técnico Pep Guardiola no Manchester City, o atacante Raheem Sterling pode deixar o clube inglês em breve. Alvo do Barcelona, o jogador de 26 anos afirmou em entrevista à imprensa estadunidense que pensa em mudar de ares.

Sterling entrou em campo dez vezes pelo Manchester City nesta temporada e fez um gol (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)
Sterling entrou em campo dez vezes pelo Manchester City nesta temporada e fez um gol (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)
Foto: Lance!

- Como jogador inglês, tudo que sei é a Premier League e sempre pensei que um dia adoraria jogar no exterior e enfrentar esse desafio. Na verdade, penso em aprender alguns idiomas diferentes. Eu gosto bastante do sotaque francês e espanhol - disse Sterling ao jornal "Financial Times".

Apesar de ter contrato com o atual campeão inglês até junho de 2023, o camisa 7 pode receber uma proposta do Barcelona já na janela de transferências do inverno europeu, em janeiro. Segundo o "Mundo Deportivo", mesmo em crise financeira, os catalães poderão gastar 16 milhões de euros (R$ 101 milhões).

Ainda na entrevista ao portal dos Estados Unidos, Sterling não descartou que uma eventual saída do Manchester City aconteça em breve. Para o atleta, o futebol é a coisa mais importante em sua vida.

- Se houvesse uma oportunidade de ir para outro lugar, eu estaria aberto a isso neste momento. O futebol é a coisa mais importante para mim, desafios que me propus desde muito jovem, e também sonhos, para ser honesto com vocês, como jogar no exterior - frisou.

O Manchester City considera Sterling um jogador importante e deseja renovar o vínculo do atleta. No entanto, segundo o jornal "Sport", o camisa 10 da seleção inglesa não pensa em estender seu contrato com os Cityzens.

Lance!
Publicidade
Publicidade