PUBLICIDADE

Após insultos racistas da torcida a Vini Jr., liga espanhola denuncia Barcelona ao Ministério Público

Brasileiro foi ofendido por torcedores do Barcelona ao ser substituído na etapa final do clássico do último domingo e provocou mostrando o placar, que marcava vitória merengue

28 out 2021 11h14
| atualizado às 11h14
ver comentários
Publicidade

Vivendo momentos conturbados dentro de campo, especialmente após a demissão do técnico Ronald Koeman, o Barcelona terá mais um problema fora das quatro linhas. Responsável por organizar o Campeonato Espanhol, a La Liga denunciou a equipe blaugrana por conta de insultos racistas ao atacante Vini Jr., do Real Madrid, no clássico do último domingo.

Vini Jr. foi um dos melhores em campo na vitória do Real Madrid sobre o Barcelona (Foto: JOSEP LAGO / AFP)
Vini Jr. foi um dos melhores em campo na vitória do Real Madrid sobre o Barcelona (Foto: JOSEP LAGO / AFP)
Foto: Lance!

O atacante brasileiro revelado no Flamengo foi hostilizado no segundo tempo da vitória merengue no Camp Nou. Ao ser substituído, o camisa 20, sendo muito xingado, apontou para o placar do estádio, que no momento marcava 1 a 0 para o Real Madrid.

Segundo a La Liga, a denúncia foi direcionada ao departamento que investiga crimes de ódios do Ministério Público da cidade de Barcelona. A liga espanhola disse que "coopera na luta contra qualquer tipo de ato ou comportamento racista ou xenófobo", e que "luta há anos contra esse tipo de comportamento e promove os valores positivos do esporte".

Após o duelo do fim de semana, a emissora "Movistar+" foi duramente criticada por torcedores merengues por omitir os xingamentos da torcida blaugrana. No programa "El Día Después", que exibe bastidores das partidas, o canal mostrou lances de Vini Jr., mas não incluiu áudios do momento da substituição.

Lance!
Publicidade
Publicidade