1 evento ao vivo

Ex-seleção alemã diz que crise na atual equipe é culpa de Guardiola

19 nov 2018
11h00
atualizado às 11h00
  • separator
  • comentários

A seleção alemã não vive uma boa fase. Após cair na fase de grupos da Copa do Mundo, os germânicos agora foram rebaixados na Liga das Nações, com um ponto ganho em três jogos disputados. E para Hans-Peter Briegel, que defendeu a Alemanha Ocidental em dois Mundiais, o culpado pela crise chama-se Pep Guardiola.

Em entrevista ao jornal italiano La Reppublica, o ex-jogador disse que o treinador catalão tentou implementar uma filosofia de jogo que, na verdade, não é tão eficiente quanto parece.

"A culpa é dele (Guardiola). Ele nos enganou dizendo que para ganhar era necessário ter 75% de posse de bola. Mas não é. No futebol, o resultado é muito mais importante que o controle do jogo. Ter o controle da bola não é suficiente para ganhar. A França deu uma clara demonstração ao vencer a Copa do Mundo", disse

Briegel ainda pediu que Joachim Low e seus comandados voltem a jogar visando sempre o resultado, e não, necessariamente, buscando um futebol vistoso.

"É possível ganhar voltando a uma forma mais tradicional de jogar. O mais importante não é um bom jogo, é ter equilíbrio em campo", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade