0

Leverkusen goleia o Bremen e respira no Campeonato Alemão

28 out 2018
16h21
atualizado às 16h21
  • separator
  • 0
  • comentários

A necessidade por vitória era extrema e neste domingo nem mesmo a condição de visitante impediu a recuperação do Bayer Leverkusen no Campeonato Alemão. Pela nona rodada, no Weserstadiom, os comandados de Heiko Herrlich dominaram por completo o primeiro tempo, sofreram no segundo, mas confirmaram a goleada por 6 a 2 sobre o Werder Bremen, que se distanciou dos primeiros colocados.

Com o triunfo, o Leverkusen chegou aos 11 pontos e se distanciou da zona de rebaixamento que já assombrava o clube. Já o Bremen, que com os três pontos assumiria a vice-colocação do Alemão, acabou a rodada ultrapassado pelo Bayern de Munique e estacionado no quarto lugar.

Quem esperava o Werder Bremen dominante e incisivo no campo ofensivo desde o apito final, até por estar jogando em casa, viu tudo isso, mas se deparou também com o Leverkusen abrindo o placar. Logo aos oito minutos, Volland recebeu passe em profundidade, saiu cara a cara com Pavlenka e tocou com frieza para abrir o placar.

Com o placar aberto pelo Bayer, o jogo ganhou em emoção, pois os donos do jogo abdicaram ainda mais do sistema defensivo em busca do empate. E foi assim, com todo esse poderio, que Augustinsson teve tudo para igualar o placar, mas desperdiçou chance incrível e viu Hradecky fazer grande intervenção. Depois, foi a chance do Leverkusen assustar tanto com Bellarabi, que por pouco não fez um golaço, quanto com Wendell.

Na reta final, os visitantes fizeram valer sua letalidade e em poucos minutos marcaram mais dois gols para ir para o intervalo com 3 a 0 no placar. Aos 38 minutos, Brandt aproveitou o rebote e ampliou. Depois, Bellarabi completou o cruzamento de Vollad e à queima-roupa fez o terceiro, indicando que o placar poderia ser ampliado ainda mais nos 45 minutos finais.

Na segunda etapa, quem esperava um Bremen abatido viu o jogo ganhar emoção com dois gols em três minutos do time da casa. Aos 15 minutos, Pizarro recebeu grande passe em profundidade e finalizou rasteiro para fazer o primeiro. Aos 18, quem marcou o segundo foi Osako, após desvio da cobrança de escanteio.

Quando parecia que começaria uma blitz pelo gol de empate, o Bayer Leverkusen fez questão de ampliar a vantagem e garantir a goleada. Quatro minutos depois de sofrer o segundo gol, os visitantes fizeram o quarto com Havertz, que aproveitou uma grande jogada individual. O quinto saiu com Dragovic e o sexto, aos 32 minutos, foi novamente de Havertz.

Eintracht Frankfurt e RB Leipizig perdem chance de encostar na liderança

Neste domingo, dois confrontos entre equipes de diferentes ambições movimentaram a nona rodada do Campeonato Alemão. Primeiro, no Estádio Max-Morlock, o Eintracht Frankfurt, jogando fora de casa, perdeu uma grande chance de vencer o Nurnberg e encostar nos primeiros colocados. Aliás, por pouco os comandados de Adi Hutter não saíram de campo derrotados.

Aos 33 minutos do segundo tempo, o Nurnberg saiu na frente do placar com Zrelak e conseguiu manter o resultado até praticamente o apito final. Porém, nos acréscimos, o Frankfurt chegou ao empate com Haller. Após o 1 a 1, os visitantes chegaram aos 14 pontos e ficaram a três de distância do Werder Bremen, quarto colocado. Já os donos da casa ficaram com nove pontos e segue na parte de baixo da tabela de classificação.

Mais tarde, RB Leipzig e Schalke sequer saíram do 0 a 0 na RB Arena. Os donos da casa, com o ponto conquistado, também perderam a oportunidade de encostar nos líderes, assim como os visitantes se veem cada vez mais próximos da zona de rebaixamento.

Confira os duelos da nona rodada do Campeonato Alemão:

Sexta-feira

Freiburg 3 x 1 Borussia Mönchengladbach

Sábado

Borussia Dortmund 2 x 2 Hertha Berlin

Hannover 1 x 2 Augsburg

Mainz 05 1 x 2 Bayern de Munique

Fortuna Düsseldorf 0 x 3 Wolfsburg

Hoffenheim 4 x 0 Stuttgart

Domingo

Nürnberg 1 x 1 Eintracht Frankfurt

Leipzig 0 x 0 Schalke 04

Werder Bremen 2 x 6 Bayer Leverkusen

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade