5 eventos ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Guardiola é eleito melhor treinador em lista que cita Tite e Renato Gaúcho

30 out 2018
16h07
atualizado às 16h07
  • separator
  • 0
  • comentários

Nesta terça-feira, a revista inglesa encerrou a publicação de seu TOP 50 melhores técnicos do planeta. A edição final contemplou os dez primeiros colocados, dando a primeira posição ao técnico espanhol Pep Guardiola, que atualmente trabalha no Manchester City.

"Foi tanta a qualidade no caminho do Manchester City rumo ao título inglês de 2018 que até os concorrentes deveriam dar pelo menos algum crédito a Guardiola. Os recordes da Premier League caíram como peças de dominós: em pontos conquistados, título garantido mais cedo, gols a favor, melhor saldo, maior sequência de vitórias, maioria de vitórias fora… Algumas ocasiões a sua equipe era de tirar o fôlego", justificou a revista pela escolha.

A sequência da lista coloca o técnico Zinedine Zidane, que conquistou a sua terceira Liga dos Campeões consecutiva na última temporada e atualmente está sem clube. Diego Simeone, do Atlético de Madrid, Massimiliano Allegri, da Juventus, e Jurgen Klopp, do Liverpool, fecham os cinco melhores. Campeão da Copa do Mundo com a seleção francesa, Didier Deschamps foi o escolhido para a sexta posição.

Dentre os 50 treinadores, dois são brasileiros. O melhor ranqueado é Tite, que comanda a Seleção Brasileira. Na justificativa para a posição para o brasileiro, a revista ressaltou a melhora significativa do time após a era Dunga e elogiou a seleção por ter renovado com o comandante.

O outro nome de nosso país lembrado foi o de Renato Gaúcho, que conquistou a última Copa Libertadores sob o comando do Grêmio. O técnico ficou com a 28ª colocação, ficando a frente de nomes como Unai Emery, do Arsenal, e Gareth Southgate, semifinalista da última Copa do Mundo com a Inglaterra.

Confira os 20 primeiros colocados da lista:

1 - Pep Guardiola (Manchester City-ING)

2 - Zinedine Zidane (sem clube / ex-Real Madrid)

3 - Diego Simeone (Atlético de Madrid-ESP)

4 - Allegri (Juventus-ITA)

5 - Jurgen Klopp (Liverpool-ING)

6 - Deschamps (seleção francesa)

7 - Mauricio Pochettino (Tottenham-ING)

8 - Maurizio Sarri (Chelsea-ING)

9 - Nagelsmann (Hoffenheim-ALE)

10 - Valverde (Barcelona-ESP)

11 - Tite (seleção brasileira)

12 - Leonardo Jardim (ex-Monaco / hoje sem clube)

13 - Di Francesco (Roma -ITA)

14 - Lucien Favre (Borussia Dortmund-ALE)

15 - Marcelino (Valencia-ESP)

16 - Luis Enrique (seleção espanhola)

17 - Janne Andersson (seleção sueca)

18 - Antonio Conte (sem clube / ex-Chelsea)

19 - Phillip Cocu (sem clube / ex-Fenerbahce)

20 - Thomas Tuchel (PSG)

28- Renato Gaúcho (Grêmio)

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade