1 evento ao vivo

Em crise, Bayern recebe o AEK por vitória e respiro para Niko Kovac

6 nov 2018
20h04
atualizado em 7/11/2018 às 08h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Ainda não é nem metade da temporada, mas já tem gigante europeu em clima turbulento. Este é o caso do Bayern de Munique, que recebe o AEK nesta quarta-feira, na Allianz Arena, em busca de uma vitória na Liga dos Campeões para pegar a liderança do grupo e dar tranquilidade ao técnico croata Niko Kovac, alvo de críticas da imprensa alemã.

O empate contra o Freiburg em 1 a 1 no último fim de semana, fez o time ficar em terceiro lugar no Campeonato Alemão, quatro pontos atrás do líder Borussia Dortmund. Para piorar, tem o clássico neste sábado, na casa dos aurinegros. Assim, bater os gregos é mais do que uma obrigação.

Durante a semana, Kovac foi supostamente criticado até pela esposa de Thomas Muller. "Mais de 70 minutos até ele finalmente ter a brilhante ideia", escreveu nas redes sociais. O ídolo dos bávaros começou o jogo no último final de semana no banco de reservas e só foi entrar na reta final.

Kovac, na entrevista coletiva, destacou que espera um confronto complicado pela frente, que está trabalhando duro em busca de uma melhor formação para que todo seu elenco esteja em harmonia. Há a possibilidade, em caso de derrota do croata ser demitido do Bayern.

"Nós sempre nos questionamos e sempre tentamos encontrar a melhor solução para os meninos. Espero que amanhã seja um jogo tão difícil como em Atenas. Precisamos de outro jogo, que ganhamos com três ou quatro gols de diferença. Atualmente estamos em uma fase que trabalhar duro para tudo", disse o comandante.

O AEK, quer se aproveitar da fase ruim vivida pelo time de Munique para ao menos, somar o seu primeiro ponto na Champions. O time vem sendo presa fácil, e os oponentes estão vencendo, até sem grandes problemas. Na Grécia, o Bayern venceu por 2 a 0.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade