0

Internacional perde para o Paysandu na segunda divisão

27 mai 2017
18h40
atualizado às 18h49
  • separator
  • comentários

O Internacional conheceu na tarde deste sábado a primeira derrota no Campeonato Brasileiro Série B. O time gaúcho perdeu para o Paysandu pelo placar de 1 a 0 no Estádio Mangueirão, em Belém, no Pará. O único gol da partida foi marcado por Fernando Gabriel.

Com o resultado, o colorado permanece com quatro pontos, fora do G-4. Já, o Papão assume a liderança do torneio, com sete pontos, e mantém a invencibilidade na competição, sem levar gols.

O técnico Antônio Carlos Zago manteve a formação com três atacantes, que empatou em 1 a 1 o último jogo contra o ABC-RN, no Beira-Rio, pela 2ª rodada da Série B. O comandante colorado promoveu a re-estreia de Danilo Silva, atuando pela lateral direita.

O treinador esperava contar com a volta do goleiro titular Danilo Fernandes, mas o arqueiro colorado sentiu dores e Daniel iniciou a partida como titular. Outro retorno seria do lateral esquerdo Carlinhos, contudo o jogador teve uma indisposição estomacal e Uendel, que seria poupado, permaneceu na posição.

O JOGO

A partida começou com muita marcação, as equipes passavam o meio de campo, mas esbarravam na marcação da zaga. Em uma falha do zagueiro do Papão, Nico Lopes tentou lançar Roberson, mas a bola voltou para o gringo que carregou até a entrada da área e finalizou com força perto do gol adversário.

Aos 12 minutos, em cobrança de falta, Peri concluiu direto para o gol, mas o goleiro Daniel defendeu com tranquilidade. Em outra falta perto da área, Fernando Gabriel cobrou na primeira trave e Danilo Silva afastou para trás, a bola passou na frente da área, mas ninguém aproveitou a oportunidade.

Na metade do primeiro tempo, o lateral Uendel tentou dar um corta luz, mas proporcionou o contra ataque para o Paysandu. Rodrigo Andrade carregou a bola até perto da área, mas errou o passe que seria para Wesley.

O Internacional exagerava no número de faltas próximas à área e nos lances para o ataque, o time gaúcho criou pouco no meio de campo. Aos 30 minutos, em cobrança de escanteio do Paysandu, Welinton Júnior cabeceou para baixo e Victor Cuesta apareceu na hora certa para salvar o colorado.

Depois do zagueiro Léo Ortiz recuar para o goleiro Daniel, o arqueiro tentou driblar o atacante Marcão, mas acabou se enrolando e foi obrigado a afastar a bola de qualquer maneira.

O Inter chegou com perigo depois de cruzamento pela esquerda de ataque, William Pottker subiu mais alto que o marcador e cabeceou perto do travessão.

Após passe errado do volante Edenílson, o meia Fernando Gabriel puxou o contra ataque para o Paysandu e de fora da área mandou um chute forte. O goleiro Daniel espalmou no susto.

A resposta colorada foi na mesma moeda. No último minuto da primeira etapa, o volante Felipe Gutiérrez recebeu a bola e de muito longe arriscou um chute com muita força. O goleiro Emerson saltou e espalmou para escanteio.

SEGUNDO TEMPO

Buscando mais ofensividade, no retorno dos vestiários, o técnico Zago tirou o volante Edenílson e colocou Marcelo Cirino, deixando o Internacional com quatro atacantes na partida. Já, Marcelo Chamusca não fez alterações para a segunda etapa.

Aos dois minutos, a novidade do segundo tempo, Cirino assustou o time da casa. Após a defesa do Paysandu afastar mal, a bola sobrou para o atacante que invadiu a área pela esquerda e finalizou cruzado para fora.

O Paysandu respondeu com perigo. Ayrton cobrou falta perigosa e Daniel espalmou para escanteio a bola que tinha endereço certo. Um minuto depois, Welinton Júnior invadiu a área pela esquerda, fez fila nos jogadores colorados, mas no momento da conclusão o zagueiro Léo Ortiz apareceu bloqueando.

O Internacional chegou a balançar as redes, mas o bandeirinha assinalou impedimento. Em cobrança de escanteio curto, o zagueiro Victor Cuesta cruzou e Nico López, um pouco a frente, dominou e concluiu para o gol. O tento foi anulado após a marcação do árbitro assistente.

Com quatro atacantes, o Internacional conseguia manter a bola mais no ataque, mas proporcionava bons contra ataques para o Paysandu e num deles saiu o gol do Papão. Aos 18 minutos, Marcão tocou para Fernando Gabriel, o meia passou pela marcação e da meia lua da grande área chutou no canto esquerdo do goleiro Daniel, balançando as redes no Estádio Mangueirão.

Em desvantagem no placar, o colorado foi para o ataque. Nico López recebeu e puxou para finalizar com o pé esquerdo. A bola passou perto da trave direita de defesa do goleiro Emerson.

Aos 26 minutos, Welinton Júnior carregou pelo meio e chutou de longe tentando encobrir Daniel, mas o goleiro saltou e espalmou para escanteio. Três minutos depois, na frente da grande área, Gutiérrez perdeu a bola para Marcão. O atacante invadiu a área, mas na hora de driblar o goleiro, Marcão escorregou e pediu pênalti. O juiz apenas marcou o tiro de meta para o Internacional.

O colorado pressionava muito em busca do empate e o time apostava no cruzamentos para a área. Em cobrança de escanteio, o atacante William Pottker cabeceou no travessão. No rebote, Nico López cruzou mal nas mãos do goleiro Emerson.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU 1 X 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Mangueirão, em Belém (PA)

Data: 27 de maio de 2017, sábado

Horário: 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)

Assistentes: Luís Filipe Gonçalves Correa e Oberto da Silva Santos (ambos de PB)

GOL: PAYSANDU: Fernando Gabriel, aos 18 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS

PAYSANDU: Gilvan, Hayner

INTERNACIONAL: Danilo Silva

PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Perema, Gilvan e Peri; Wesley, Rodrigo Andrade, Augusto Recife (Ricardo Capanema), Fernando Gabriel (Hayner); Welinton Júnior e Marcão (Daniel Amorim).

Técnico: Marcelo Chamusca

INTERNACIONAL: Daniel; Danilo Silva, Léo Ortiz, Victor Cuesta, Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson (Marcelo Cirino), Felipe Gutiérrez (Carlinhos); William Pottker, Nico López e Roberson (Brenner).

Técnico: Antônio Carlos Zago

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade