5 eventos ao vivo

Inter joga por vaga antecipada e Grêmio busca redenção na Libertadores

Cheio de desfalques, rivais gaúchos farão o quinto Grenal no ano

23 set 2020
08h17
atualizado às 08h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Repletos de desfalques e rodeados de mistérios, Internacional e Grêmio fazem importante clássico, às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre, que pode garantir vaga antecipada às oitavas da Copa Libertadores aos mandantes. Ao time de Renato Gaúcho, que não sabe o que é derrota para Eduardo Coudet no ano, significa a busca por redenção na competição.

O 427° clássico entre os rivais gaúchos na história será o quinto na temporada. Até então, soberania total do Grêmio. Foram três vitórias no Campeonato Gaúcho, uma por 2 a 0 e duas por 1 a 0, além de um 0 a 0 na Libertadores.

Fazer seu ataque furar, enfim, a defesa rival e desencantar no ano, é a missão de Eduardo Coudet para colocar a mão na vaga. Se o Inter ganhar e houver um vencedor entre América de Cali e Universidad Católica, pelo mesmo Grupo E, a classificação antecipada às oitavas estará garantida.

Com muitos problemas para escalar os times, contudo, os técnicos escondem o jogo e fazem de tudo para evitar dar pistas sobre quem serão os escalados.

O Inter tem dúvidas em todos os setores. A grande dor de cabeça é com o artilheiro Thiago Galhardo, recuperando-se de uma torção no tornozelo direito. Destaque desde a lesão de Guerrero, passa pelos pés do goleador a esperança da vitória. Caso seja confirmado, Galhardo forma dupla com Abel Hernandez, repetindo a parceria dos 4 a 3 sobre o América de Cali.

Os problemas de Coudet, entretanto, vão além. No meio, Johnny e Patrick deixaram o jogo com o Fortaleza com lesões musculares e dificilmente atuam. O volante Edenilson e o lateral-esquerdo Moisés estão suspensos por causa de brigas no clássico do primeiro turno entre as equipes na Libertadores.

No Grêmio, Renato Gaúcho chegou a proibir boletins médicos dos lesionados durante a semana. O grande mistério é na defesa. David Braz e Paulo Miranda são os suspensos pela briga do primeiro turno. Para piorar, Pedro Geromel e Kannennan tratam de lesões. O argentino deve atuar, enquanto o companheiro será dúvida até a divulgação das escalações. Vale lembrar que, atuando juntos, jamais perderam do Internacional.

Após surpreendente derrota para a lanterna Universidad Católica na rodada passada, o Grêmio precisa manter o bom desempenho diante do Inter em busca da redenção na competição. Com quatro pontos, ganhar significa igualar a pontuação do rival na liderança do Grupo E.

A boa notícia para Renato Gaúcho é a recuperação do jovem atacante Pepê, que, após alguns jogos ausente, deve formar o trio ofensivo com Alisson e Diego Souza.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade