0

Imprensa inglesa celebra classificação 'histórica' às quartas e exalta Pickford

Goleiro pegou pênalti de Bacca e foi um dos heróis da vitória sobre a Colômbia nas oitavas de final da Copa do Mundo

4 jul 2018
10h15
atualizado às 10h15
  • separator
  • comentários

Horas depois de a Inglaterra conquistar a vaga nas quartas de final da Copa do Mundo, graças à vitória nos pênaltis sobre a Colômbia, em Moscou, após empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação, a imprensa do país parecia ainda não acreditar. Os principais jornais trataram a classificação como "heroica" e elogiaram os atletas comandados por Gareth Southgate.

Foi o caso do The Sun, que estampou em seu site: "Inglaterra acorda se beliscando após classificação histórica nos pênaltis". Já o jornal The Telegraph tratou os jogadores da Inglaterra como "os heróis de Gareth Southgate".

Entre os nomes elogiados pela imprensa, um "herói" em especial ganhou as páginas dos jornais e mostrou estar com prestígio. E não foi Harry Kane, responsável pelo gol de pênalti ao longo do tempo normal e artilheiro desta Copa do Mundo, com seis gols. Tratou-se do goleiro Jordan Pickford.

O próprio The Telegraph estampou: "Jordan Pickford se tornou um gigante entre os goleiros ingleses". Já o Daily Mail o chamou de "Senhor Mãos Salvadoras" e "herói", mesmo termo usado pelo Daily Mirror. O goleiro se tornou um dos personagens da classificação após defender a cobrança decisiva de Bacca, que encaminhou a vitória inglesa.

O otimismo tomou conta da normalmente pessimista imprensa inglesa com a vitória, e os jornais até aderiram ao lema da torcida para esta Copa: "Está voltando para casa". Os quatro jornais citados estamparam em seus sites a frase, que vem sendo bastante utilizada pelos torcedores para dizer que o título está próximo de retornar à Inglaterra.

Com a classificação, a Inglaterra agora se prepara para enfrentar a Suécia nas quartas de final, sua primeira na Copa do Mundo desde 2006. O confronto acontecerá neste sábado, em Samara, às 11 horas (de Brasília).

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade