PUBLICIDADE

Guarani e Ponte Preta fazem clássico truncado e ficam no empate pela Série B

Com resultado, Bugre deixa a zona do rebaixamento e Macaca assume a 10ª colocação

8 mai 2022 18h22
| atualizado às 19h36
ver comentários
Publicidade

Guarani e Ponte Preta empataram por 0 a 0 no Dérbi campineiro pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado da partida, que aconteceu no Brinco de Ouro da Princesa, o Bugre deixou a zona de rebaixamento, e a Macaca está na 10ª colocação.

Partida em Campinas foi de poucas oportunidades (Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC)
Partida em Campinas foi de poucas oportunidades (Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC)
Foto: Lance!

PRESSÃO BUGRINA!

O Guarani começou a partida em casa mais intenso e dominou os primeiros 15 minutos. Aos 6', Leandro Vilela escorou para o gol, mas a arbitragem marcou impedimento. Após esse período, a Ponte Preta conseguiu equilibrar e deixou o duelo mais truncado, com poucas chances criadas.

A Macaca sentiu muitas dificuldades em conseguir criar jogadas de ataque. A melhor chance foi um chute de Echaporã, aos 10'.

TRUNCADO!

Diferentemente da primeira etapa, o segundo tempo foi burocrático, sem grandes chances de gol e com excesso de faltas.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 X 0 PONTE PRETA

Local: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)

Data e hora: 08/05/2022 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Neuza Ines Back

Cartões amarelos: Leandro Vilela, Matheus Pereira, Silas, Giovanni Augusto, Diogo Matheus e Júlio César (Guarani); Felipe Amaral, Norberto, Thiago Oliveira e Ramon Carvalho (Ponte Preta)

Cartões vermelhos: -

GOLS: -

GUARANI (Técnico: Ben-Hur Moreira)

Maurício Kozlinski; Diogo Mateus, João Victor (Yago, aos 27'/2ºT), Ronaldo Alves e Matheus Pereira; Eduardo Person (Madison, aos 37'/1ºT), Leandro Vilela (Silas, aos 17'/2ºT) e Giovanni Augusto; Bruno José, Nicolas Careca (Yago, aos 27'/2ºT) e Júlio César (Lucão do Break, aos 17'/2ºT).

PONTE PRETA (Técnico: Hélio dos Anjos)

Caíque França; Norberto (Bernardo, aos 32'/2ºT), Thiago Oliveira, Fábio Sanches (Fabrício, aos 15'/1ºT) e Jean Carlos (Igor Formiga, aos 32'/2ºT); Felipe Amaral (Walisson, aos 16'/2ºT), Léo Naldi e Ramon Carvalho; Danilo Gomes, Lucca e Echaporã.

Lance!
Publicidade
Publicidade