2 eventos ao vivo

Guarani é derrotado pelo Paysandu em Campinas e dá adeus à luta pelo acesso

Time de Campinas é vaiado pelos torcedores, estaciona nos 50 pontos e segue na nona colocação

10 nov 2018
23h37
atualizado às 23h37
  • separator
  • comentários

O fim de campanha do Guarani na Série B do Campeonato Brasileiro está sendo melancólico. Diante de pouco mais de mil pessoas, o time alviverde deu adeus as chances de conquistar ao acesso na noite deste sábado ao perder para o Paysandu, por 2 a 0, em pleno Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, no encerramento da 36.ª rodada.

Vaiado pelos torcedores, o Guarani estacionou nos 50 pontos e segue na nona colocação. Nas últimas duas rodadas, vai apenas cumprir tabela. Já o Paysandu venceu a segunda seguida e manteve o vivo o sonho de escapar da Série C. Ainda na zona de rebaixamento, em 17.º lugar, o time paraense tem 40 pontos, dois a menos que o CRB.

Sem maiores pretensões no campeonato, o Guarani entrou sonolento em campo e viu o Paysandu quase abrir o placar com Magno aos oito minutos após falha de Philipe Maia e Agenor. Aos 18 minutos, o atacante não desperdiçou. Em nova confusão entre zagueiro e goleiro, Magno passou por Agenor e bateu para o gol aberto. Debaixo de vaias, o time da casa chutou duas vezes para fora e não fez Renan Rocha trabalhar nenhuma vez.

Logo aos três minutos do segundo tempo, Perema aproveitou falta cobrada por Pedro Carmona na segunda trave e ampliou para o Paysandu. O jogo poderia ter terminado aí. Desanimado, o Guarani não conseguiu criar nenhum lance de perigo e Renan Rocha passou mais 45 minutos sem ser exigido. O time paraense ainda quase marcou o terceiro com Magno.

O Guarani volta a campo no próximo sábado, contra o Brasil de Pelotas, às 17 horas, no Bento Freitas, em Pelotas (RS). Na terça-feira, o Paysandu enfrenta o Figueirense, às 19h15, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Os jogos são válidos pela penúltima rodada.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 X 2 PAYSANDU

GUARANI - Agenor; Kevin, Philipe Maia, Ferreira e Romário; Willian Oliveira, Ricardinho, Denner (Erik), Rafael Longuine (Rondinelly) e Matheus Oliveira (Guilherme); Poveda. Técnico: Umberto Louzer.

PAYSANDU - Renan Rocha; Matheus Silva, Diego Ivo, Perema e Guilherme Santos; Renato Augusto, Nando Carandina, Thomaz (Hugo Almeida) e Pedro Carmona (Willyam); Mike e Magno (Marcos Júnior). Técnico: João Brigatti.

GOLS - Magno, aos 18 minutos do primeiro tempo; Perema aos três minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pericles Bassols Pegado Cortez (PE).

CARTÕES AMARELOS - nenhum.

RENDA -  R$ 18.290,00.

PÚBLICO -  1.158 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade