PUBLICIDADE

Grêmio vence, respira contra a zona de queda e complica o Ceará no Brasileirão

Tricolor gaúcho marca com Diego Souza e Ferreirinha e fica na 18ª colocação na tabela

12 set 2021 13h42
| atualizado às 13h42
ver comentários
Publicidade

O Grêmio fez jus ao fator casa para respirar e ganhar forças na briga contra o rebaixamento do Brasileirão. Jogando na Arena Grêmio, neste domingo, ganhou do Ceará por 2 a 0. Diego Souza e Ferreira, ambos nos minutos finais da primeira etapa, marcaram os gols do duelo que marcou o encontro da equipe com seu ex-treinador, Tiago Nunes, que estreou no comando do rival cearense.

Com o resultado, o Grêmio subiu uma posição na tabela e agora está em 18º, com 19 pontos. Bahia e São Paulo, primeiros times fora da degola, somam 22, ou seja, a diferença caiu para três pontos. Já o Ceará somou o quinto jogo sem vitória e despencou na tabela. Estacionado nos 24 pontos, aparece na 11ª colocação podendo perder mais posições.

O duelo começou com o Grêmio fazendo uma marcação alta e procurando os espaços no campo do Ceará, enquanto isso o rival se fechou na defesa e se arriscou o mínimo possível. Mesmo assim, foram os donos da casa que chegaram pela primeira vez com perigo. Aos 23 minutos, Diego Souza serviu Ferreira, que invadiu a área e bateu na saída do goleiro Richard, que conseguiu se recuperar e fazer uma grande defesa.

Do outro lado, o Ceará até tentava responder em contra-ataques rápidos, mas sem sucesso. Tanto que foi o Grêmio que pulou na frente do placar. Aos 42, depois de um cruzamento na área, Diego Souza subiu mais que os zagueiros e cabeceou firme para o fundo das redes. Já aos 45, foi a vez de Ferreira deixar a sua marca, em chute no canto que ainda bateu na trave antes de entrar.

Na volta do intervalo, o ritmo caiu bastante e os dois técnicos aproveitaram para fazer mudanças em suas equipes. Modificado, o Ceará foi para cima em busca do gol de honra. A melhor tentativa veio aos 29 minutos, com Luiz Otávio aparecendo livre para cabecear na área, mas mandando para fora.

Depois do susto, o Grêmio se fechou ainda mais na defesa, passando a controlar a vitória. Já o Ceará seguia tentando, trocou bastante passes no meio-campo, mas pouco conseguiu levar perigo ao gol adversário. Nos minutos finais, o árbitro ainda deu mais oito minutos de acréscimos por conta da parada para hidratação, mas mesmo assim o duelo terminou com a vitória dos donos da casa pelo placar de 2 a 0.

Pelo Brasileirão, as duas equipes voltam a campo no próximo final de semana. No sábado, o Ceará recebe o Santos, na Arena Castelão, às 21h. Já no domingo, o Grêmio visita o Flamengo, no Maracanã, às 20h30. Antes disso, porém, na quinta-feira, as duas equipes se enfrentam no mesmo local, às 21h30, em duelo decisivo das quartas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, o time carioca venceu por 4 a 0.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 0 CEARÁ

GRÊMIO - Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha (Bruno Cortez); Lucas Silva, Thiago Santos e Alisson (Everton); Jhonata Robert (Villasanti), Ferreira (Léo Pereira) e Diego Souza (Borja). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

CEARÁ - Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral (Marlon), Fabinho, Vina (Yony González) e Lima (Rick); Jael (Cléber) e Mendoza (Erick). Técnico: Tiago Nunes.

GOLS - Diego Souza, aos 42, e Ferreira, aos 45 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Não houve.

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre.

Estadão
Publicidade
Publicidade