PUBLICIDADE

Grêmio confirma chegada de Bruno Alves por empréstimo em acordo com o São Paulo

Negociação já era dada como certa há alguns dias; equipe do Morumbi espera anunciar Alisson nos próximos dias

24 dez 2021 17h08
ver comentários
Publicidade

Os laços entre São Paulo e Grêmio nunca foram tão estreitos quanto neste fim de temporada. Após emprestar o lateral Orejuela ao time gaúcho, a equipe paulista cedeu o zagueiro Bruno Alves, também por vínculo de empréstimo. Para os próximos dias, a torcida espera que o São Paulo anuncia o meia-atacante Alisson, vindo justamente do Grêmio.

Bruno Alves assinou contrato de empréstimo até junho de 2023, coincidindo com o seu tempo de vínculo definitivo com o São Paulo. As duas partes chegaram a cogitar uma negociação definitiva, mas acabaram optando pelo empréstimo, como aconteceu com Orejuela. Ambos serão apresentados somente em janeiro, após o período de férias.

Alves, de 30 anos, defendia o São Paulo desde 2017. Nascido em Jacareí(SP), o zagueiro foi revelado pelo Figueirense em 2011. E passou por outros clubes menores, como Ribeirão (SP), Metropolitano (SC), Barretos (SP), São José (RS) e CRAC (GO), até chegar ao São Paulo há quase cinco anos.

Já o lateral-direito Orejuela está de volta ao time gaúcho para uma nova passagem por empréstimo, até o fim de 2023. O jogador já defendeu o Grêmio em 2020, cedido pelo Cruzeiro. Pela equipe de Porto Alegre, entrou em campo pela Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Campeonato Gaúcho. No total, foram 31 jogos, um gol marcado e o título do Estadual.

Orejuela nasceu em Cali, na Colômbia, e se destacou pelo Deportivo Cali e também pelo Ajax, da Holanda. No São Paulo, vinha perdendo cada vez mais espaço. Com os técnicos Crespo e Rogério Ceni, chegou a ficar de lado, enquanto os treinador improvisavam jogadores de outra posição na lateral-direita.

Cumprindo sua promessa de anunciar três reforços antes do fim do ano, o Grêmio contratou ainda o lateral-esquerdo, Nicolas, de 24 anos. Ele estava no Athletico-PR e foi contratado por empréstimo até dezembro de 2022.

A diretoria não projetou número de contratados para 2022, temporada em que voltará a disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

Estadão
Publicidade
Publicidade