0

Goiás vence Juventude e se afasta da zona de rebaixamento

17 out 2017
23h42
atualizado às 23h42
  • separator
  • 1
  • comentários

No estádio Serra Dourada, o Goiás venceu o Juventude pelo placar de 1 a 0 em partida válida pela 30ª rodada da Série B. O único gol do confronto foi marcado pelo atacante Aylon, no segundo tempo. Ainda na primeira etapa, o jogador Júnior Viçosa teve o pênalti defendido pelo goleiro Matheus Cavichiolli.

O resultado afasta o Goiás da zona de rebaixamento e coloca o time esmeraldino na 10ª posição com 38 pontos. Este é o quarto jogo consecutivo que a equipe goiana não perde nem leva gols. Já o Juventude permanece na sétima colocação com 45 pontos, distante sete pontos do G4.

O técnico Hélio Dos Anjos repetiu a mesma escalação do time havia atuado na rodada anterior. O Juventude teve o desfalque do zagueiro Micael, expulso no jogo contra o Londrina, e do meia Wallacer, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Maurício e Yago foram os escolhidos pelo técnico Gilmar Dal Pozzo. Apesar das ausências, o time gaúcho teve o retorno do volante Lucas, que cumpriu suspensão automática na última rodada.

O JOGO

O Juventude entrou em campo com o uniforme totalmente branco e o Goiás com camisa, calção e meiões na cor verde.

A primeira grande oportunidade da partida foi dos donos da casa. Aos 8 minutos, o lateral-esquerda Carlinhos escapou em velocidade, passou pela marcação e na meia lua da grande área chutou forte para a bela defesa do goleiro Matheus.

O Juventude respondeu no lance seguinte. Após cobrança de escanteio, o centroavante Tiago Marques ficou com a bola dominada na esquerda de ataque, mas chutou fraco para a fácil defesa do Marcelo Rangel.

Em lançamento de Carlos Eduardo, o atacante Júnior Viçosa desviou de cabeça para Nathan invadir a área. O goleiro Matheus saiu da meta e trombou com o meia, derrubando o jogador. O árbitro assinalou corretamente o pênalti. O atacante Viçosa foi para a cobrança e mandou no canto esquerdo do arqueiro do Juventude que pulou para o mesmo lado, defendendo a penalidade máxima.

Aos 20 minutos, o zagueiro Maurício tentou sair tocando a bola para o lateral-esquerdo Bruno Collaço, mas Carlos Eduardo se adiantou e roubou a bola. O atacante do Goiás percebeu que o goleiro Matheus não estava na meta e concluiu, mas Matheus conseguiu se recuperar e defender a finalização em dois tempos.

O Juventude teve boa oportunidade aos 25 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Wesley Natã na entrada da área. O jogador chutou forte rasteiro e o goleiro Marcelo Rangel pulou no canto direito de defesa para salvar o Goiás.

Aos 38 minutos, Júnior Viçosa recebeu no meio de campo e concluiu visando o ângulo direito do gol, mas o arqueiro Matheus voo para fazer mais uma bela defesa na partida.

Dois minutos depois, o centroavante Tiago Marques arrancou em velocidade, mas no momento da finalização Fábio Sanchez apareceu para bloquear o chute.

Aos 43 minutos, o atacante Carlos Eduardo recebeu a bola em posição de impedimento na direita da área e chutou forte ao gol, mas a noite parecia ser do goleiro Matheus que defendeu a conclusão.

SEGUNDO TEMPO

O Juventude retornou para o campo com uma alteração. O técnico Gilmar Dal Pozzo tirou Yago e colocou Caprini. O Goiás voltou sem modificações na equipe para a segunda etapa.

Aos 9 minutos, após cobrança de falta, o zagueiro Fábio Sanchez desviou de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O time esmeraldino pressionava bastante a equipe alviverde, mas não conseguia criar chances claras de gol. Sem conseguir pisar na área, Tiago Luís arriscou de muito longe, mas a bola ficou fácil para a defesa de Matheus.

Aos 28 minutos, na entrada da área, Andrezinho chutou forte pro gol. A bola desvia no braço de Domingues, todos os jogadores esmeraldinos reclamam pedindo pênalti, mas o árbitro não assinalou a penalidade máxima.

Até os 34 minutos, o Goiás havia finalizado a gol exatamente o triplo do que o Juventude. Sendo 21 conclusões do time da casa contra sete dos visitantes.

De tanto insistir, a equipe esmeraldina conseguiu abrir o marcador.Aos 35 minutos, Tiago Luís cruzou para a área, o atacante Aylon dominou, se desmarcou e balançou as redes no estádio Serra Dourada.

No fim da partida, o Juventude chegou com perigo. O lateral-esquerdo Bruno Collaço tentou um cruzamento para a área, mas a bola foi em direção ao gol e quase surpreendeu o goleiro Marcelo Rangel.

Os dois times retornam a campo pela 31ª rodada da Série B. Na sexta-feira, às 19h15 (de Brasília), o  Juventude enfrenta o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP). No sábado, às 21h (de Brasília), o Goiás encara o Luverdense, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 X 0 JUVENTUDE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 17 de outubro de 2017, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro - RJ

Assistentes: Silbert Faria Sisquim - RJ e Luiz Antonio Muniz de Oliveira - RJ

GOLS:

Goiás: Aylon, aos 35 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: (Goiás) Carlinhos, Léo Sena; (Juventude) Matheus, Maurício, Yago, Leilson, Lucas

GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Victor Bolt, Elyeser (Andrezinho), Léo Sena e Nathan (Tiago Luís); Carlos Eduardo e Júnior Viçosa (Aylon)

Técnico: Hélio dos Anjos

JUVENTUDE: Matheus Cavichiolli; Tinga, Mauricio, Domingues e Bruno Collaço; Lucas, Fahel (Yuri Mamute), Leílson, Yago (Caprini) e Wesley Natã (Felipe Maia); Tiago Marques

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade