9 eventos ao vivo

Gobbi diz que Edenilson e Romarinho ficam, mas libera Julio Cesar

19 mai 2013
19h43
atualizado às 20h49

O presidente Mário Gobbi bancou a permanência no Corinthians de Edenilson e de Romarinho, jogadores que receberam proposta de clubes da Europa recentemente, como revelou o LANCE!Net no último sábado.

– Edenilson e Romarinho é assim: é mais fácil um besouro fumar maconha no meu olho do que eles saírem. Eles acabaram de chegar, vão ser titulares e ainda vão para a Seleção Brasileira. Podem escrever. Nem morto assino a transferência deles – declarou o presidente.

Por conta do assédio à dupla, a diretoria já planeja um aumento salarial para os dois, jogadores que chegaram de clubes pequenos e agora têm status importante na equipe.

Em contrapartida, o mandatário alvinegro liberou a saída do goleiro Julio Cesar, sem espaço. O camisa 1 chegou a negociar com o Criciúma e esteve perto de acertar a saída para o Vasco, que acabou melando por questões contratuais. Ele ainda procura clube para o segundo semestre.

– O caso do Júlio César é diferente: ele quer sair, ele não chegou ontem (ao clube), ele tem dez anos de clube e quer sair - declarou.

Para a posição, o Timão já contratou Walter, ex-União Barbarense. Ele brigará com Danilo Fernandes para ser o reserva de Cássio.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade