PUBLICIDADE

Garotos do Palmeiras são aprovados e vão atuar nas duas últimas rodadas do Brasileirão

Garantida na 3ª posição, equipe alviverde tem pela frente duelos com o Athletico-PR e o Ceará

1 dez 2021 08h20
| atualizado às 08h20
ver comentários
Publicidade

A atuação dos jovens atletas que estiveram em ação pelo time do Palmeiras, nesta terça-feira, em Cuiabá, na vitória por 3 a 1, foi aprovada por João Martins, auxiliar de Abel Ferreira, que esteve no comando da equipe na ausência do treinador principal.

"Eles têm que estar preparados para as oportunidades. Apareceu hoje e estavam preparados. No Paulista, esperamos que tenham oportunidades e vão ter. Que aproveitem como aproveitaram hoje", disse o auxiliar, revelando a possibilidade de o time ser representado por um time misto na competição estadual no próximo ano.

O mesmo time deverá ser utilizado nas duas partidas finais do Brasileiro, contra o Athetico-PR na segunda e Ceará no dia 9. "Quando existe uma final do nível da de sábado, estamos habituados a ser o último jogo da temporada. A pressão, ansiedade, tudo vai ao limite. É o jogo da vida. Depois disso, é difícil focar e temos 3 jogos. Não treinamos para esse jogo."

Martins contou como o time foi formado para a partida com o Cuiabá, 72 horas após a conquista da Libertadores. "O que fizemos foi conversar com esses seres humanos e quais estavam em condições para esse jogo. Não treinamos para esse jogo, montamos por vídeo. Felizmente, alguns disseram 'sim, estamos disponíveis', sabendo o risco físico."

O auxiliar de Abel, que foi expulso diante do Cuiabá por reclamação, confirmou que os titulares sairão antes de farias para retornarem mais cedo em 2022. "Alguns vão sair de férias mais cedo para voltar antes. É cedo pra falar (usar a base no Mundial). Faltam dois, três meses. No futebol, em três meses acontecem tantas coisas... Se a chance aparecer, que agarrem como fizeram hoje."

Estadão
Publicidade
Publicidade