PUBLICIDADE

Artilheira no São Paulo sub-18, Isa comemora primeira convocação para a Seleção sub-20

20 out 2021 22h35
| atualizado às 22h35
ver comentários
Publicidade

A jovem atacante Isabelle Caroline, artilheira do São Paulo no último Brasileirão sub-18, vencido pelo Tricolor, foi pela primeira vez convocada para a Seleção Brasileira sub-20 no último dia 6. Nesta terça-feira, a atacante completou 18 anos de vida e comentou sobre a convocação.

"Fiquei surpresa, me pegou de surpresa de verdade. Mas não tinha dúvidas que um dia chegaria, teria essa oportunidade. Acho que todo mundo sabe quando está bem na carreira ou não está. Vim de uma campanha no Campeonato Brasileiro Sub-18 muito boa, não posso negar. Todo mundo sonha em estar na lista, da sub-17, sub-20, da principal, sonha em estar entre as melhores", contou

"Estava no treino, peguei meu celular e tinha um monte de mensagens. Todo mundo me parabenizando. Aí só depois que eu fui ver que a Rosangela (supervisora) tinha mandado mensagem, que já tinham postado a lista de convocadas, foi ali que vi meu nome. Fiquei muito feliz mesmo, só tenho a agradecer por tudo isso, em ter passado meu aniversário aqui, só gratidão", continuou.

Isa durante treino com a Seleção

Isa marcou os dois gols da final do Brasileirão sub-18 no último dia 10, disputada entre São Paulo e Corinthians. A partida terminou em vitória Tricolor por .2 a 0

"Feliz demais. O gostinho de ser campeã e fazer gol na final é inesquecível. Tudo que vivi nesses últimos dias é fruto de muito trabalho. Estou colhendo tudo que plantei lá atrás. Minhas companheiras também me ajudaram, a união do São Paulo ao entrar nessa competição foi absurda. A gente queria ganhar e cada jogo era uma final. Cada gol era uma explosão de sentimentos. Não tenho nem explicação para o que estou vivendo", disse a jovem.

Já com o Brasil sub-20 no Paraguai, onde as brasileiras farão dois confrontos contra a seleção do país, a atleta contou como foi passar seu aniversário na concentração da Seleção.

"Aqui é tudo bem corrido, fiquei surpresa de como é o dia a dia, a gente consegue desenvolver e aprender muita coisa. Não vou falar que fiquei completamente surpresa porque já é a segunda vez que passo meu aniversário aqui (Seleção), a última vez foi na Sub-17. Mesmo sendo um ciclo diferente, são quase as mesmas pessoas, só mudou mesmo algumas meninas, a comissão. Mas fico muito feliz, é um presentão poder passar essa data aqui. Mesmo longe da família, eles entendem, porque é um sonho que estou lutando e sei que vai valer a pena", disse.

Brasil e Paraguai se encontrarão em dois confrontos nesta semana. O primeiro deles nesta sexta-feira, às 18h (de Brasília). O segundo, na segunda-feira, às 15h30.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade