0

Fortaleza inova e é o primeiro time a investir em moeda criptografada

12 dez 2018
08h07
  • separator
  • comentários

A tecnologia blockchain trouxe mudanças nos modelos de negócios em diferentes setores e o esporte não poderia ficar de fora. A empres Footcoin idealizou um formato inovador de plataforma que usa a tecnologia blockchain de Exchange de moedas virtuais e atende à comunidade esportiva.

O Fortaleza Esporte Clube foi o primeiro time brasileiro a entrar nesse mercado ao lançar a sua moeda criptografada - a Leão Coin - como parte das comemorações de seu centenário, em outubro. O objetivo de médio e longo prazo é fazer com que sejam investidos R$ 700 milhões de reais no clube por meio da moeda e transações futuras.

"Desde o seu lançamento, a Leãocoin.club permitiu a compra de produtos e serviços, pois todo ecossistema do marketplace é voltado para esse fim. Nenhum outro clube apresenta uma plataforma de meio de pagamento capaz de permitir que de fato as operações e transações econômicas ocorram. O grande diferencial da Footcoin é permitir que uma padaria ou empresa de aviação possam acessar, de forma simples, a plataforma e participar desta grande inovação que o blockchain permite", afirma José Rozinei da Silva, CEO da Footcoin.

Como funciona

Os torcedores e fãs iniciam a jornada no Marketplace do seu time com a aquisição da moeda criptografada que funciona como forma de pagamento. A partir daí, ele tem acesso às vantagens como ingressos antecipados para os principais jogos, experiências exclusivas com os jogadores, camisas do time, além de produtos e serviços oferecidos por parceiros da plataforma (restaurantes, companhias aéreas, lojas, etc).

Semanalmente ou diariamente conforme o produto, a Footcoin realiza a liquidação das moedas pagas aos parceiros, mediante resgate. Os descontos dos produtos no Marketplace são partilhados entre o clube, o torcedor e os custos da Plataforma. O uso da moeda via blockchain gera a segurança de que os valores transacionados sejam rastreados e destinados adequadamente, gerando um ciclo virtuoso na relação entre clube e torcedor.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade