0

Fluminense enfrenta algoz LDU pelas oitavas-de-final da Sul-Americana

13 set 2017
20h03
atualizado em 14/9/2017 às 08h43
  • separator
  • comentários

O Fluminense muda o foco na temporada e entra em campo nesta quinta-feira, às 19h15(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), para enfrentar a LDU do Equador pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O jogo será o reencontro entre os dois clubes, que já fizeram duas finais continentais, ambas vencidas pelo time equatoriano, uma verdadeira pedra no sapato dos cariocas.

Os times duelaram na grande decisão da Copa Libertadores de 2008. Na ida a LDU surpreendeu e ganhou por 4 a 2. Na volta, no Maracanã lotado, o Tricolor fez 3 a 1 e forçou a prorrogação e a disputa de pênaltis. Nas penalidades, os equatorianos ganharam por 3 a 1. Um ano depois, pela Copa Sul-Americana de 2009, nova final. Em casa a LDU aplicou uma goleada histórica por 5 a 1, enquanto que no Rio de Janeiro o Tricolor conseguiu apenas um 3 a 0, em jogo que o artilheiro Fred acabou expulso.

Apesar deste reencontro, os jogadores do Fluminense, orientados pelo técnico Abel Braga, descartam clima de vingança.

"Sabemos que existe um passado entre os dois clubes, mas sinceramente isso neste momento interfere pouco pois são outros atletas e a vontade de vencer é sempre muito grande. Nós queremos muito conquistar um título pelo Fluminense este ano e a Copa Sul-Americana é uma bela possibilidade, portanto, vamos nos empenhar muito, mas sem pensar naquilo que ficou para trás", disse o goleiro Júlio César.

Voltando ao presente, o Fluminense eliminou sem sustos outro equatoriano nas oitavas de final. Diante da Universidad Católica de Quito, o Tricolor goleou por 4 a 0 em casa e depois ganhou 2 a 1 no Equador. Já a LDU teve problemas para passar pelo Bolívar, da Bolívia, eliminando o rival nos pênaltis após os dois times trocarem triunfos por 1 a 0 como anfitriões.

"Acredito que vamos encontrar muito mais dificuldades contra a LDU, pois se trata de um adversário muito acostumado a jogar este tipo de competição, que já foi campeão e que tem um time qualificado", afirmou Abel.

Para este compromisso o Fluminense perdeu o zagueiro Henrique, que foi vetado por conta de dores na coxa esquerda. Assim, o jovem Nogueira, revelado nas categorias de base, vai manter dupla com Renato Chaves. O restante do time terá a base que empatou por 2 a 2 com o Vitória no fim de semana na Bahia.

Pelo lado da LDU, o técnico Pablo Repetto prometeu uma postura ousada de sua equipe.

"O Fluminense tem uma grande equipe, mas que eles estejam preparados para enfrentar um adversário que não vai se intimidar com o fato de jogar no Maracanã e que sempre joga com o pensamento de buscar o resultado positivo, seja em casa ou fora. A LDU precisa muito avançar na Copa Sul-Americana. Nossa torcida gosta desta competição e sabe que precisa voltar a conviver em grandes torneios continentais. Sendo assim, vamos a campo em busca de uma vitória para poder encaminhar a nossa classificação na partida de volta, quando atuaremos diante dos nossos torcedores" analisou o treinador da LDU.

O zagueiro Norberto Araujo, com dores na coxa direita, foi vetado e sequer viajou com a delegação. Com isso, Lucas de Lima vai compor dupla de zaga com Horacio Salaberry. O destaque da LDU é o atacante argentino Hernán Barcos, velho conhecido dos brasileiros por já ter defendido as cores de Palmeiras e Grêmio.

A LDU venceu o Macará por 2 a 0 no fim de semana amenizando um pouco a sua situação no Campeonato Equatoriano, onde briga no momento para se distanciar da zona de rebaixamento. O jogo de volta contra o Fluminense, em Quito, está programado para a próxima quinta-feira, dia 21 de setembro.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE-BRA X LDU-EQU

Local : Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data : 14 de setembro de 2017 (Quarta-feira)

Horário : 19h15(de Brasília)

Árbitro : Julio Quintana (Paraguai)

Assistentes : Rodney Aquino (Paraguai) e Roberto Cañete (Paraguai)

FLUMINENSE : Júlio César, Lucas, Renato Chaves, Nogueira e Marlon; Jefferson Orejuela, Douglas, Wendel e Gustavo Scarpa; Wellington Silva e Henrique Dourado

Técnico: Abel Braga

LDU : Leonel Nazareno, John Narvaréz, Horacio Salaberry, Lucas de Lima e Aníbal Chalá; Edison Vega, Jefferson Intriago, Anderson Julio e Francisco Cevallos; Jonathan Betacourt e Hernán Barcos

Técnico: Pablo Repetto

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade