2 eventos ao vivo

Figueirense vence por 3 a 2, sobe para sexto e impede Guarani de entrar no G4

Com o revés, o time campineiro estacionou nos 23 pontos e é o oitavo colocado

18 jul 2018
00h08
atualizado às 00h08
  • separator
  • comentários

Em uma noite desastrosa do sistema defensivo, o Guarani perdeu a chance de entrar no G4, a zona de acesso, do Campeonato Brasileiro da Série B, nesta terça-feira, ao ser derrotado pelo Figueirense por 3 a 2, em pleno estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), pela 16.ª rodada.

A derrota depois de sete jogos foi "doada" pelo Guarani, que entregou dois gols ao adversário. Com o revés, o time campineiro estacionou nos 23 pontos e é o oitavo colocado. Já o Figueirense reencontrou o caminho das vitórias após quatro partidas, chegou aos 25 e subiu para a sexta posição, encostando novamente no G4.

O primeiro tempo já valeu pelo jogo inteiro. Logo aos sete minutos, o Figueirense abriu o placar em cabeçada de Henrique Trevisan. O Guarani acordou e encurralou o adversário até empatar aos 21. A defesa alvinegra cortou parcialmente chute de Willian Oliveira e Rafael Longuine estufou as redes do goleiro Denis.

Mas a alegria do Guarani durou apenas oito minutos. Gustavo Ferrareis chutou de fora da área e contou com uma falha do goleiro Oliveira para colocar o Figueirense novamente na frente. No contra-ataque, Henan só não fez o terceiro porque a bola acertou a trave. O time paulista partiu para cima e, de tanto insistir, empatou novamente aos 42 em chute cruzado de Matheus Oliveira.

O Guarani voltou mais ligado do intervalo e criou uma boa chance com Matheus Oliveira, que pegou errado ao receber passe de Rafael Longuine. Em mais uma falha do sistema defensivo alviverde, o Figueirense marcou o terceiro gol aos 11 minutos. Edson Silva e Éverton Alemão se atrapalharam na hora de cortar o passe de Renan Mota e deixaram Henan na frente de Oliveira.

Depois disso, o Guarani pressionou, mas abusou dos passes errados e também dos cruzamentos para dentro da área. O Figueirense se defendeu bem e ainda assustou em alguns contra-ataques.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 17.ª rodada. O Guarani enfrenta o Paysandu, às 20h30, no estádio da Curuzu, em Belém, enquanto que o Figueirense recebe o Vila Nova, às 19h15, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 x 3 FIGUEIRENSE

GUARANI - Oliveira; Kevin, Éverton Alemão, Edson Silva e Pará; Willian Oliveira (Guilherme), Ricardinho, Denner (Rondinelly), Rafael Longuine e Matheus Oliveira (Marcão); Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

FIGUEIRENSE - Denis; Diego Renan, Cleberson, Nogueira e Henrique Trevisan; Zé Antônio, Matheus Sales, Patrick (Maikon Leite), Renan Mota e Gustavo Ferrareis (Eduardo Bauermann); Henan (André Luis). Técnico: Milton Cruz.

GOLS - Henrique Trevisan, aos 7, Rafael Longuine, aos 21, Gustavo Ferrareis, aos 29, e Matheus Oliveira, aos 42 minutos do primeiro tempo; Henan, aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Matheus Oliveira e Rondinelly (Guarani); Matheus Sales e Renan Mota (Figueirense).

ÁRBITRO - Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL).

RENDA - R$ 47.528,00.

PÚBLICO - 3.824 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade