0

Figueirense reage e busca empate em clássico com Criciúma

17 set 2014
22h56
atualizado às 23h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com muita disposição e pouca técnica, Criciúma e Figueirense disputaram na noite desta quarta-feira uma clássico catarinense e ficaram no empate em 1 a 1. No Orlando Scarpelli, o Criciúma saiu na frente com Silvinho mas sofreu o empate no segundo tempo. Thiago Heleno marcou para o Figueirense.

Silvinho abriu o placar para o Criciúma
Silvinho abriu o placar para o Criciúma
Foto: Eduardo Valente / Gazeta Press

Com o resultado, os clubes permanecem separados por quatro pontos. Com 26, o Figueira permanece fora da zona de rebaixamento. Já o Criciúma, chegou aos 22 pontos e depende de outros resultados para sair da degola.

Apesar da disposição demonstrada pelos times, o início da primeira etapa não teve grandes emoções. Com um número excessivo de volantes, quatro no início do jogo, o Criciúma foi quem mais ofereceu perigo ao gol defendido por Tiago Volpi. Com a lesão e saída de Cereceda aos oito minutos, o destro William Cordeiro entrou improvisado na lateral esquerda e teve muito trabalho.

Silvinho arrancou por aquele lado aos 29min e foi derrubado por Cordeiro. Apesar do pênalti ter sido claro, o juíz demorou e só sinalizou a penalidade máxima após consultar o árbitro adicional. Depois das reclamações dos atletas do Figueirense, Zé Carlos foi para a cobrança e desperdiçou. Tiago Volpi pulou para o canto direito e fez uma belíssima defesa.

Thiago Heleno igualou o marcador para o Figueirense
Thiago Heleno igualou o marcador para o Figueirense
Foto: Eduardo Valente / Gazeta Press

Mas o Criciúma ainda tinha Silvinho. Aos 45min, Eduardo chegou à linha de fundo, às costas de William Cordeiro, e cruzou rasteiro. Silvinho mergulhou de carrinho e empurrou a bola para o gol, fazendo 1 a 0 para o Criciúma.

No segundo tempo, o Criciúma voltou com Paulo Baier no lugar de Silvinho e perdeu a opção de contra-ataque. Já o Figueirense voltou mais ofensivo e dominou a segunda etapa. Aos 17min, o time alvinegro conseguiu o empate. Após uma sequência de chances, Thiago Heleno aproveitou cobrança de escanteio e deixou o placar em 1 a 1.

O Figueirense continuou melhor e foi quem esteve mais perto do gol da vitória. Aos 38min, Marco Antônio bateu falta lateral direto no gol e a bola resvalou na trave antes de sair. O Criciúma deu a impressão de estar satisfeito com o empate e aceitou a pressão do time da casa, que não foi suficiente e o empate em 1 a 1 permaneceu até o fim da partida.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade