1 evento ao vivo

Fabricante de automóveis assina como nova patrocinadora da seleção brasileira

Fiat passa a apoiar o futebol do Brasil até 2022, ano da próxima Copa do Mundo, no Catar

14 mar 2019
18h19
  • separator
  • comentários

A CBF anunciou nesta quinta-feira a Fiat como nova patrocinadora da seleção brasileira. Em evento na sede da entidade, o presidente da fabricante de automóveis para a América Latina, Antonio Filosa, e o presidente eleito da confederação brasileira, Rogério Caboclo, informaram sobre o contrato assinado de quatro anos.

"Esse é um patrocínio que une verdadeiros campeões: a mais vencedora de todas as seleções do futebol mundial com uma marca consagrada por sua tradição em produzir veículos inovadores e muito desejados pelos brasileiros", declarou Caboclo.

O patrocínio da empresa abrange todas as seleções de futebol do Brasil: de base, olímpicas e principais, masculinas e femininas. Durante os quatro anos do vínculo, o País disputará competições internacionais importantes, como a Copa do Mundo Feminina (França) e a Copa América (Brasil), em 2019, a Copa América e os Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão), em 2020, e a Copa do Mundo do Catar, em 2022.

"Para a CBF, o vínculo com a Fiat é altamente estratégico e chega num momento importante para as seleções do Brasil: enquanto a equipe feminina entra na Copa do Mundo, o time masculino começa com força o ciclo de preparação para o Mundial do Catar, em 2022", apontou Caboclo.

A parceria também foi comemorada do lado da empresa. "Como a mais brasileira de todas as fabricantes de automóveis, é com muito orgulho que a Fiat se torna patrocinadora oficial das seleções brasileiras, unindo duas grandes paixões do nosso país: futebol e carro", comentou Filosa.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade