1 evento ao vivo

Ex-Fluminense, Gum é apresentado e mira aposentadoria na Chapecoense

Zagueiro de 33 anos ficou dez temporadas no clube carioca e ainda não tem condições de jogo

14 mar 2019
20h49
atualizado às 20h49
  • separator
  • comentários

O dia foi de novidades na Chapecoense. A diretoria apresentou na manhã desta quinta-feira, o zagueiro Gum, que chega ao clube após uma passagem de dez anos pelo Fluminense. Aos 33 anos, o defensor assinou o contrato por um ano, com opção de renovação. Logo em sua chegada, falou sobre a possibilidade até de encerrar a carreira na equipe catarinense.

"Vim não para ficar pouco tempo, vim para me entregar por inteiro com luta, foco, dedicação, junto dos meus companheiros, para ficar muito tempo aqui. Se possível, até aposentar. Foram quase dez anos de Fluminense, me entreguei ao máximo e precisava de um tempo para me desligar. Hoje chego com o coração na Chapecoense", assegurou o defensor.

O zagueiro Gum durante entrevista de apresentação na Chapecoense.
O zagueiro Gum durante entrevista de apresentação na Chapecoense.
Foto: Reprodução/Chapecoense / Estadão

O 'namoro' entre Chapecoense e Gum é antigo. O clube tentou um primeiro contato com o atleta no dia 2 de janeiro. Na ocasião, ele acabou recusando por ter acabado de deixar o Fluminense. Ele ainda não foi inscrito no BID da CBF e precisará de um tempo até adquirir forma física considerada ideal.

"Sei que preciso melhorar minha condição física porque quando entrar, tenho que estar bem fisicamente. Estou trabalhando, questão de tempo para pegar força e ritmo. Sei que mais algum tempo estarei em campo para ajudar meus companheiros", declarou.

Gum ainda explicou o motivo que o levou a acertar com a Chapecoense: "Chapecó é uma cidade linda e jogadores que jogaram aqui sempre falam bem da cidade, do clube, quão sério é o trabalho. Quando consegui emocionalmente me desligar do Fluminense, vi que era momento de voltar a trabalhar. Fiquei feliz quando houve a conversa da Chapecoense, tive o prazer de vir para cá e ainda falei com as pessoas que trataram que ficou o carinho e a gratidão do Fluminense, querendo estar em Chapecó de coração, querendo amar a Chapecoense e me entregar inteiro", concluiu.

O defensor deve acompanhar a partida deste domingo, às 18h, diante do Joinville nas tribunas da Arena Condá, onde deverá ser apresentado à torcida. O time catarinense vem fazendo um bom Estadual. Atualmente é o vice-líder, com 24 pontos, dois atrás do Figueirense. Esta rodada vai definir a posição dos semifinalistas e a formação dos confrontos.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade