0

Sport domina o Náutico e vence o clássico na Ilha do Retiro

Com o resultado, time rubro-negro assumiu momentaneamente a liderança da Campeonato Pernambucano

27 jan 2019
19h20
atualizado às 19h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Deu Sport no Clássico dos Clássicos, e com contundência. Jogando diante de sua torcida, na Ilha do Retiro, neste domingo, a equipe de Milton Cruz dominou o Náutico para vencer por 3 a 1, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano. Os gols do Rubro-Negro foram marcados por Hernane Brocador, Ezequiel e Adryelson, enquanto Robinho marcou o de honra para o Timbu.

Com o resultado, o Sport chega aos seis pontos e assume momentaneamente a liderança da competição, já que a rodada segue no meio de semana. O Náutico, dono de um jogo a menos, continua sem pontuar e fica na nona e penúltima colocação, dentro da zona de rebaixamento.

Adryelson, jogador do Sport, comemora seu gol durante partida contra o Náutico
Adryelson, jogador do Sport, comemora seu gol durante partida contra o Náutico
Foto: ALDO CARNEIRO / Gazeta Press

O Sport volta aos gramados pela competição no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), quando visita o América-PE no Ademir Cunha. O Náutico, por sua vez, só enfrenta o Vitória-PE no dia seis de fevereiro, às 20 horas (de Brasília), nos Aflitos.

O Jogo

O Sport contou com o faro de gol de Hernane Brocador para abrir o placar logo aos cinco minutos de partida. O atacante recebeu na entrada da área e passou por Camutanga com uma meia-lua. Na cara do goleiro Bruno, teve frieza para dar uma cavadinha e marcar um belo gol na Ilha do Retiro.

Após sair na frente, os donos da casa baixaram o ritmo, mas o Náutico, sem esboçar força para criar, não soube se aproveitar disso. Diante desse cenário, a partida ficou muito parada no meio-de-campo, com as duas equipes brigando pela bola.

Na reta final do primeiro tempo, o Timbu decidiu adiantar as linhas para tentar sufocar o rival. O Sport, no entanto, contragolpeou e foi fatal para ampliar a vantagem. Guilherme viu a passagem de Ezequiel nas costas de André Krobel e fez lançamento preciso. O atacante chegou batendo na saída de Bruno para marcar o segundo do Leão da Ilha.

Se a situação dos donos da casa já era ótima, ficou ainda melhor no início da etapa final, quando Raul Prata avançou pela direita e cruzou para a área, onde o zagueiro Adryelson subiu alto, mais que a marcação, e cabeceou forte para as redes, fazendo o terceiro do Sport.

Empurrado pelo "olé" ecoado no estádio, o Leão da Ilha preferiu tocar a bola ao invés de buscar uma goleada. O Náutico, por sua vez, marcou nos acréscimos com Robinho, mas nada que incomodasse a vitória rubro-negra por 3 a 1 no Clássico dos Clássicos.

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade