0

Sport aplica goleada no Petrolina e avança para as semis do Pernambucano

24 mar 2019
18h01
atualizado às 18h01
  • separator
  • 0
  • comentários

O Sport venceu - e venceu com propriedade - o Petrolina nas quartas de final do Campeonato Pernambucano, neste domingo. Em partida única, os comandados de Guto Ferreira aplicaram uma goleada por 4 a 0 na Ilha do Retiro e se classificaram para a semifinal diante do Salgueiro, que eliminou o Central na última quarta-feira.

Com o resultado, o Sport chega a quatro vitórias seguidas, que coincidem com a chegada do comandante à frente da equipe. Os gols foram marcados por Luan, que chegou a três tentos em três jogos; Hernane, de pênalti; Leandrinho e Ezequiel, dois gols em cada tempo da partida. Além do resultado e da classificação, os torcedores presentes também comemoraram, finalmente, a estreia do meia Sammir, brasileiro naturalizado croata que veste a camisa 10 na temporada. Ele foi contratado em janeiro e ainda não tinha atuado com a camisa do Leão.

O Sport havia se classificado como líder do Pernambucano na fase de grupos, além de melhor ataque, ao lado do próprio Salgueiro, e defesa menos vazada. Como foi eliminado da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil, o time vê o estadual como obrigação, já que o próximo compromisso será apenas a Série B. Vale lembrar, também, que durante a semana houve o imbróglio envolvendo o Flamengo de Arcoverde, que não conseguiu efeito suspensivo após perda de 13 pontos por escalação irregular de uma atleta na competição. Com a negativa, a partida contra o Petrolina foi confirmada.

O jogo

Em clima de decisão, o duelo começou quente. Logo aos três minutos, os jogadores pediram pênalti em lance de Guilherme, derrubado na área, mas o árbitro mandou seguir. Pouco tempo depois, por conta deste lance, o técnico Guto Ferreira foi forçado a substitui-lo por Leandrinho. A partida seguiu truncada e faltosa, mas foi o Petrolina quem teve a melhor oportunidade até então. Aos 19 minutos, Magno cabeceou após escanteio e mandou a bola diretamente para a trave de Mailson.

Depois, o Leão voltou a atacar. Aos 24, Hernane cobrou falta com categoria e Pezão precisou se esticar para mandar a bomba para escanteio. Porém, foi somente dez minutos depois que o gol veio: Ezequiel tocou para Luan dentro da área e o atacante acertou um belo voleio na frente do gol, sem chances para o goleiro. Foi o terceiro tento em três jogos. Aproveitando o bom momento da partida, o Sport ampliou o marcador de pênalti, aos 42, após Hernane ser derrubado na área por Rogério. Ele mesmo cobrou e marcou na Ilha do Retiro.

No retorno para o segundo tempo, o Sport seguiu pressionando. Norberto chutou de fora da área aos cinco minutos e Pezão fez uma grande defesa e mandou a bola para escanteio. Aos 12, Leandrinho ampliou o marcador depois de tabelar com Lazaroni e mandar uma bomba indefensável. Com 3 a 0 no placar, o Leão continuou indo para cima e quase fez mais um também com Leandrinho.

Ainda coube mais um, mas, antes, o Sport ainda perdeu uma oportunidade. Aos 34, o estreante Sammir deu passe para Hernane, que invandiu a área, dominou e mandou uma bomba, mas Pezão novamente defendeu. Dois minutos depois, porém, Ezequiel recebeu de Hernane, invadiu a área, cortou o zagueiro e mandou para o fundo das redes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade