0

Santa Cruz sai na frente, mas permite empate do Vitória-PE em estreia

18 jan 2018
23h03
atualizado às 23h03
  • separator
  • comentários

O Santa Cruz estreou no Campeonato Pernambucano nesta quinta-feira, no estádio do Arruda, em Recife, contra o Vitória-PE. Jogando em casa, o time coral dominou o primeiro tempo, abriu o placar logo no início da etapa complementar, porém, acabou sofrendo o empate e teve de se contentar com o 1 a 1 no marcador, resultado que garante ao Tricolor pernambucano somente um ponto na classificação.

Segundo maior campeão pernambucano, atrás somente do Sport, o Santa Cruz tentará se recuperar do tropeço contra o América-PE, no domingo, às 16h (de Brasília), no estádio Ademir Cunha, em Paulista, cidade do litoral pernambucano. Já o Vitória-PE dá prosseguimento à sua participação no Estadual contra o Salgueiro, no mesmo dia e horário que o time coral.

O jogo - O Santa Cruz sobrou no primeiro tempo. Adotando uma postura mais agressiva pelo fato de jogar em casa, o time coral quase chegou ao gol aos 22 minutos com Robinho, que aproveitou o rebote do escanteio cobrado por Arthur para bater de primeira e mandar por cima. Dois minutos depois foi a vez de Arthur carimbar o travessão em cobrança de falta.

A pressão do Santa Cruz continuou aos 27 minutos. Augusto foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro pela direita para Robinho, que apareceu na pequena área, porém, desperdiçou a melhor chance do Tricolor no primeiro tempo, mandando por cima do gol. Antes do apito final, os donos da casa ainda voltaram a assustar o Vitória-PE com Augusto, que bateu fraco e acabou facilitando o trabalho do goleiro Dida.

Já no segundo tempo o Santa Cruz teve mais sorte e rapidamente abriu o placar. Aos nove minutos Jeremias aproveitou o arremate de Paulo Henrique para dominar a bola e bater firme, vencendo o goleiro rival e estufando as redes. O Vitória-PE, no entanto, não deu muito tempo para a torcida coral comemorar. Aos 15 minutos foi a vez de os visitantes chegarem às redes e empatar o duelo com Thomas Anderson, que cabeceou de maneira certeira após cruzamento de Felipe Almeida.

Desanimado com o gol de empate do Vitória-PE, o Santa Cruz perdeu poder de fogo na reta final de partida, justamente quando precisava atacar o adversário para conseguir a vitória. Sem criatividade e já afetado pelo desgaste físico neste início de temporada, o Tricolor pernambucano até tentou, mas não teve sucesso em suas poucas investidas que antecederam o apito final.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade