0

Maílson pega dois pênaltis e Sport fatura o pernambucano

Leão foi derrotado pelo Náutico no tempo normal por 2 a 1, mas goleiro saiu como herói após pegar duas cobranças de pênaltis

21 abr 2019
18h55
atualizado às 20h03
  • separator
  • 1
  • comentários

O Sport é campeão de Pernambuco pela 42ª vez em sua história. Após ser derrotado pelo Náutico no tempo normal por 2 a 1, o Leão ficou com a taça ao bater o Timbu por 4 a 3 nas penalidades. Maílson foi o grande herói ao pegar duas cobranças.

Jogo entre Sport e Náutico foi tenso do início ao fim (Foto: Rafael Melo/MyPhoto Press)
Jogo entre Sport e Náutico foi tenso do início ao fim (Foto: Rafael Melo/MyPhoto Press)
Foto: LANCE!

O DUELO

Um começo de jogo agitado e confuso. O clima em campo estava pesado e o árbitro foi obrigado a colocar dois jogadores para fora, um de cada lado. Hernane Brocador, pelo lado do Sport, e Suéliton, do lado do Timbu.

Quando os ânimos se acalmaram, o Leão chegou ao primeiro gol. Após pênalti marcado em cima de Guilherme, o atacante chamou a responsabilidade e mandou para o fundo das redes: 1 a 0. O empate do Timbu veio nos minutos finais da etapa final. Diego Silva ganhou a dividida do marcador e soltou a bomba para vencer o goleiro: 1 a 1.

No segundo tempo o jogo foi regado de tensão. O Náutico abria mais o jogo e tentava o empate, mas nenhuma chance era criada. Quando tudo parecia resolvido, o Timbu passou à frente. Herades cruzou e Jiménez apareceu entre os zagueiros para cabecear e levar a decisão para os pênaltis.

NOS PÊNALTIS

O Sport foi soberano nas cobranças. Elton, Norberto, Rafael Thyere e Ronaldo marcaram os gols do Leão. Pelo lado do Náutico, Wallace Pernambucano, Jiménez e Hereda converteram as suas cobranças. Mas Maílson apareceu e pegou as batidas de Rafael Oliveira e Diego, garantindo o título para o Rubro-Negro.

Lance!
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade