6 eventos ao vivo

São Paulo vence Bragantino, abafa crise e reassume liderança

Gols de Pablo e Arboleda ajudaram o time de São Paulo a se recuperar no campeonato.

3 mar 2019
19h04
atualizado às 19h13
  • separator
  • 0
  • comentários

O São Paulo findou um jejum de cinco partidas sem vitórias na tarde deste domingo. Jogando no Estádio Nabi Abi Chedid, o São Paulo passou longe de realizar uma grande apresentação, mas conseguiu derrotar o Bragantino por 2 a 0, graças aos gols de Pablo e Arboleda, ambos feitos no segundo tempo do duelo válido pela nona rodada do Campeonato Paulista.

O resultado, além de abafar a crise que se instaurou no Morumbi neste início de temporada, recoloca o time dirigido interinamente por Vagner Mancini na liderança do Grupo D, com 13 pontos, superando Oeste (12) e Ituano (11). O Bragantino, por sua vez, segue estacionado com 10 pontos, na terceira posição do Grupo C.

O jogador Pablo do São Paulo, durante comemoração do gol em partida contra a equipe do Bragantino, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista de 2019, realizada no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, interior do estado de São Paulo, na tarde deste domingo (03).
O jogador Pablo do São Paulo, durante comemoração do gol em partida contra a equipe do Bragantino, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista de 2019, realizada no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, interior do estado de São Paulo, na tarde deste domingo (03).
Foto: EDUARDO CARMIM/AGÊNCIA O DIA / Estadão

Pela 10ª rodada do Paulistão, o São Paulo enfrenta a Ferroviária no próximo sábado, às 21 horas (de Brasília), no Pacaembu, uma vez que o Morumbi sofreu danos causados pelas fortes chuvas deste final de semana. Um dia antes, às 18h45, o Bragantino visita o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto.

O Jogo

O primeiro tempo foi truncado e com poucas chances de gol para ambos os times, mas São Paulo começou ligeiramente superior. Aos quatro minutos, Arboleda cruzou da direita, e Pablo testou com perigo. O Bragantino respondeu aos 12, quando Wesley arriscou de fora da área, assustando o goleiro Tiago Volpi.

Com Hernanes bem marcado e ainda mostrando estar longe da forma física ideal, coube a Antony articular as principais ações ofensivas do São Paulo. Mas, embora tenha sido o jogador mais lúcido do time na primeira etapa, o jovem meia não conseguiu ajudar a furar a retranca alvinegra.

Tanto que as melhores oportunidades do São Paulo foram na bola parada. Casos das cobranças de falta de Pablo e Hernanes, que obrigaram o goleiro Alex Alves a trabalhar. Já a equipe da casa levou algum perigo em contra-ataques e na bola aérea, mas também passou longe de abrir o placar antes do intervalo.

Para deixar o time mais ofensivo, Vagner Mancini voltou para a etapa complementar com Diego Souza no lugar do pendurado Bruno Alves. Já Marcelo Veiga teve que tirar o volante Adenilson, que saiu machucado, para colocar o atacante Adriano Paulista.

Com mais espaços, o Bragantino quase inaugurou o marcador aos quatro minutos. Em rápido contra-ataque, Matheus Peixoto cruzou na medida para Wesley, que finalizou em cima de Arboleda. No rebote, Magno soltou a bomba da entrada da área, e tirou tinta do travessão. Vendo que o São Paulo não melhorou, Mancini sacou o apagado Helinho para a entrada de Nenê.

O jogador Arboleda do São Paulo, durante comemoração do gol em partida contra a equipe do Bragantino, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista de 2019, realizada no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, interior do estado de São Paulo, na tarde deste domingo (03).
O jogador Arboleda do São Paulo, durante comemoração do gol em partida contra a equipe do Bragantino, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista de 2019, realizada no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, interior do estado de São Paulo, na tarde deste domingo (03).
Foto: EDUARDO CARMIM/AGÊNCIA O DIA / Estadão

Pouco depois, em um dos momentos mais críticos do jogo, a equipe visitante abriu o placar. Aos 17 minutos, após lançamento de Volpi e desvio de Diego Souza, a bola bateu nas costas do zagueiro e sobrou para Pablo na entrada da pequena área. O atacante não perdoou e, com um chute forte, estufou as redes de Alex Alves.

Atrás no placar, o Massa Bruta partiu para o tudo ou nada. Aos 25, o meia Vitinho driblou Hernanes e arriscou de longe, exigindo grande defesa de Volpi. O São Paulo respondeu em seguida e confirmou seu triunfo. Aos 30 minutos, após Nenê cobrar escanteio pela esquerda, Arboleda saltou mais que todo mundo para testar firme e dar números finais à partida.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 0 X 2 SÃO PAULO 

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Data: 3 de março de 2019, domingo

Horário: 17 horas (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane dos Santos Camargo

Cartão Amarelo: Buiú, Juliano, Renan Paulino e Magno (Bragantino); Bruno Alves (São Paulo)

Cartão Vermelho: -

Gols:

SÃO PAULO: Pablo, aos 17, e Arboleda, aos 30 minutos do 2T

BRAGANTINO:Alex Alves; Buiú (Itaqui), Lazaro, Juliano e Acácio; Adenilson (Adriano Paulista), Magno, Renan Paulino e Vitinho; Wesley e Matheus Peixoto (Jardel).

Técnico: Marcelo Veiga

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves (Diego Souza), Arboleda e Anderson Martins; Igor Vinicius, Luan (Willian Farias), Hernanes e Léo; Antony, Pablo (Jonatan Gomez) e Helinho (Nenê).

Técnico: Vagner Mancini (interino)

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade