0

Red Bull vence o Guarani e conquista primeiro lugar geral do Paulistão

20 mar 2019
23h43
atualizado às 23h43
  • separator
  • comentários

Mesmo a escalação completamente reserva não impediu que o Red Bull Brasil conquistasse a liderança geral da primeira fase do Campeonato Paulista. Nesta quarta-feira, no Brinco de Ouro da Princesa, o RB venceu o Guarani por 2 a 1 e, com o resultado, conseguiu a vantagem de decidir as partidas do mata-mata da competição estadual em seus domínios, independentemente do adversário.

Para não correr risco de perder a primeira colocação geral para o Santos, os comandados de Antônio Carlos Zago precisavam da vitória - não só conseguiram, como o próprio Peixe colaborou para o cenário, ao perder para o Botafogo-SP por 4 a 0.

Diante de um rival que não tinha mais aspirações no campeonato e que havia acabado de demitir o técnico Osmar Loss, o Red Bull Brasil só conseguiu abrir o marcador na segunda etapa de partida. E foi em grande estilo.

Aos três minutos do período, Pio cobrou falta de quase do meio de campo - com um chute muito potente, o jogador colocou a bola no ângulo do goleiro Giovanni, deixando o adversário sem chances de defesa: 1 a 0. Doze minutos depois, o atacante Deivid recebeu na grande área, fez o corte e marcou o segundo dos visitantes no confronto.

Já perto do fim da partida, o Bugre descontou com gol de Rondinelly, que aproveitou rebote do próprio cabeceio para marcar. No entanto, o gol não foi suficiente para o clube campineiro conseguir a reação no embate, que terminou em 2 a 1 para os rivais da cidade.

Oeste não se classifica

Precisando vencer o Mirassol e contar com um tropeço do São Paulo diante do São Caetano, o Oeste não conseguiu sequer fazer a lição de casa e, com isso, ficou de fora da fase de mata-mata do Paulistão. Na Arena Barueri, o Rubrão empatou por 1 a 1 contra os rivais desta quarta.

Com um a menos desde os 21 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Bruno Lopes chegou firme em Zé Roberto e recebeu o cartão vermelho direto, o time de Renan Freitas inaugurou o marcador aos três minutos da etapa inicial.

No lance, o centroavante Fábio não desperdiçou cruzamento para a área e testou fundo para as redes. No entanto, pouco depois, o Mirassol chegou ao empate.

Aos 11, o defensor Riccieli aproveitou batida de escanteio pela esquerda, subiu no segundo andar e também marcou: 1 a 1.

Em jogo de classificados, Novorizontino empata com a Ferroviária

O duelo no Estádio Jorge Ismael de Biasi reuniu duas equipes que tinham o sonho da liderança de sua chave, mas que estavam tranquilas pela classificação antecipada. Nesta quarta, o Novorizontino ficou no empate com a Ferroviária por 1 a 1 - os tentos foram marcados por Felipe Alves, em favor do Tigre, além de Maurinho, para os visitantes.

A missão do Tigre de alcançar a liderança do Grupo B seria muito difícil. Isso porque não bastava ao Palmeiras a derrota para a Ponte Preta - a partida entre as equipes terminou em 1 a 0 para o Verdão, no Allianz Parque -, bem como também o próprio Novorizontino retirar uma diferença de seis gols no saldo, primeiro critério de desempate.

Por outro lado, a equipe de Araraquara precisava da vitória, que não veio, além de um tropeço do Corinthians - a equipe do Parque São Jorge derrotou o Ituano por 1 a 0, em Itu.

São Bento vence o Bragantino, mas Massa Bruta não cai

Para o Bragantino cair, uma combinação de resultados extensa precisava ocorrer. Já sem chances de avanço às quartas, o time de Marcelo Veiga perdeu para o já relegado São Bento, por 1 a 0, mas só acabaria rebaixado caso São Caetano, Botafogo-SP e Mirassol todos vencessem seus embates.

No jogo no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, os donos da casa venceram pelo placar mínimo - o único tento do duelo foi anotado por Fábio Bahia, aos 22 minutos do segundo tempo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade