PUBLICIDADE

Campeonato Paulista

Patrocínio Logo do patrocinador

Guarani marca dois golaços e bate Portuguesa na primeira fase da Taça Independência

10 mar 2023 - 22h06
Compartilhar
Exibir comentários

Após o fim da primeira fase do Paulistão, a Taça Independência, que substituiu o Troféu do Interior, começou nesta sexta-feira com o duelo entre Guarani e Portuguesa. As equipes se enfrentaram no Brinco de Ouro, em Campinas, e os donos da casa venceram com dois golaços.

Foto: ( Divulgação/Portuguesa) / Gazeta Esportiva

A Taça Independência é disputada entre as equipes que terminaram entre a nona e a 14ª colocação na classificação geral da primeira fase do Campeonato Paulista e não se classificaram para as quartas de final. Além de Portuguesa e Guarani, Santo André e Inter de Limeira, que se enfrentam amanhã, também estão na briga. O Mirassol, com a melhor campanha entre estes, entra direto na próxima fase.

A equipe com melhor campanha entre aquelas que forem eliminadas nas quartas de final do Paulistão também se junta à disputa direto nas semifinais. Vale lembrar que o Santos, por disputar a Série A do Brasileirão, fica de fora do torneio.

Independentemente do adversário, a próxima partida do Guarani na competição será no próximo final de semana, que está reservado pela FPF para as disputas das semifinais da Taça Independência.

Santo André e Inter de Limeira se enfrentam pela outra partida da primeira fase da Taça Independência no sábado, às 16h (de Brasília). O duelo será no Estádio Bruno Daniel, com o mando da equipe do ABC.

Os gols da partida

Apesar da Portuguesa ter começado melhor, foi o Guarani quem inaugurou o placar do duelo. Com 26 minutos de bola rolando, Isaque lançou para a área e encontrou Bruninho. O meia pegou na veia de primeira, sem deixar a bola cair, e disparou uma bomba para o gol, sem chances para Thomazella. Um golaço.

A Lusa voltou ainda mais ofensiva na segunda etapa e precisou de 8 minutos para igualar o placar. Após cobrança de escanteio pela direita, Naldo apareceu entre os zagueiros para desviar de cabeça.

O placar seguiu igualado até 32 minutos. Os donos da casa tiveram uma falta na entrada da área e Diogo Mateus partiu para a cobrança. O lateral apostou em uma batida colocada no canto do goleiro. Thomazella se deslocou para o lado direito e não teve tempo de voltar. A bola morreu na gaveta para mais um golaço do Guarani, 2 a 1.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade