3 eventos ao vivo

Estação do Metrô tem relato de briga e confusão após final do Paulistão

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram são-paulinos brigando entre si depois de clássico

14 abr 2019
22h58
atualizado às 22h59
  • separator
  • comentários

Na saída do estádio do Morumbi, torcedores do São Paulo entraram em confronto após a partida deste domingo com o Corinthians, nas imediações da estação São Paulo-Morumbi, da linha amarela do Metrô. Em um vídeo é possível ver correria de pessoas e bombas sendo arremessadas no meio dos carros.

O major Ricardo Xavier, responsável da Polícia Militar pela segurança nos estádios, informou ao Estado que houve ocorrência em frente ao Metrô, próximo ao estádio do Morumbi. Segundo ele, a confusão aconteceu muitas horas depois do término do clássico, quando o Batalhão de Choque já havia deixado o local.

"É um ato costumeiro. A estação é pequena e não comporta uma quantidade muito grande de gente. O Metrô fecha por um momento para se reorganizar e vai liberando aos poucos. Os torcedores ficam irritados e partem para cima, tentam invadir", comentou.

No entanto, alguns vídeos que circulam na internet mostram uma briga aparentemente entre torcedores do São Paulo. Em um dos vídeos, há muitos rojões estourando e alguém fala "vão matar o cara". Também houve relatos de que havia sangue no chão da estação e cheiro de spray de pimenta. "Ainda preciso averiguar. Não recebi nada sobre essa ocorrência", disse o Major.

Desde 2016 os clássicos paulistas são realizadas com torcida única. Neste domingo, apenas torcedores do São Paulo puderam ir ao Morumbi. "É importante destacar que nos arredores do estádio o policiamento funcionou perfeitamente e não houve ocorrência ou qualquer incidente", afirmou o major.

Mais cedo, em Ferraz de Vasconcelos, a 42 quilômetros do estádio, uma briga entre torcedores de São Paulo e Corinthians deixou 14 feridos. Cinco pessoas foram detidas, uma foi baleada e outras duas foram esfaqueadas. Algumas imagens que circulam nas redes sociais mostram que pessoas estavam com pedaços de pau e ferro durante o confronto.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade