4 eventos ao vivo

Em boa fase, Matheus Jesus reencontra o Santos e explica saída "estranha"

2 mar 2019
06h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Matheus Jesus reencontrará o Santos neste sábado, às 19h (de Brasília), no Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Paulista. O volante é um dos destaques do Oeste, líder do Grupo D, à frente do São Paulo.

Matheus chegou ao Peixe em 2017, cercado de expectativa pelo bom início na Ponte Preta. Na Vila Belmiro, porém, ele alternou bons e maus momentos e acabou "dispensado" em março do ano passado. Mesmo com poucas opções no meio-campo, o Alvinegro abriu mão do empréstimo e o liberou ao Gamba Osaka, do Japão, de graça.

Na Ásia e também no Estoril, de Portugal, clube detentor dos seus direitos econômicos, o jovem não vingou. O jeito foi recomeçar no Oeste, onde o bom futebol retornou.

"Infelizmente eu sai assim, claro que eu queria ficar muito tempo no Santos, mas infelizmente não aconteceu. Não vinha tendo oportunidade e tive a proposta do Japão que era muito boa, a oportunidade de evoluir na carreira… Santos é um time gigante, eles não iriam me segurar sabendo que podem encontrar outro igual ou até melhor", disse Matheus, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

"Fico feliz com o carinho da torcida, foi pouco tempo, mas consegui aprender muita coisa dentro do Santos, se hoje estou mais maduro é graças ao Santos também. Tenho acompanhado o time, está muito bem, jogando um futebol lindo de se ver, sempre para frente, como sempre foi o DNA. Tem que dar os parabéns ao treinador e aos jogadores", completou.

Jesus analisa seu desempenho no Oeste, São quatro gols em 10 partidas e o objetivo próximo da classificação às quartas de final do Paulistão.

"Estou muito feliz com meu desempenho individual e com o coletivo do grupo. Nosso time está muito bem, fica fácil para o individual aparecer. E eu acho que eu evolui muito, aprendo muita coisa no Oeste, aprendi em Portugal e no Japão e estou retomando meu futebol", analisou, antes de fazer planos para depois da competição.

"Eu optaria por ficar no Brasil, pegar um grande clube… Tem Olimpíada, estou focado e acho que tenho capacidade de estar lá", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade