PUBLICIDADE

Campeonato Paulista

Corinthians e São Paulo decidem o Paulistão Feminino; assista ao vivo

Tricolor Paulista tem a vantagem de ter vencido o primeiro confronto por 2 a 1 e precisa apenas de um empate para conquistar título

26 nov 2023 - 10h00
Compartilhar
Exibir comentários

Corinthians e São Paulo duelam pelo jogo de volta da final do Campeonato Paulista Feminino. O Tricolor Paulista tem a vantagem de ter vencido o primeiro confronto por 2 a 1, na Vila Belmiro, e precisa apenas de um empate para se sagrar campeão. 

Do outro lado, as Brabas do Timão tem a sua casa, Neo Química Arena, como principal aliada, juntamente com a Fiel Torcida para reverter o marcador e conseguir levantar mais um troféu. 

No primeiro jogo, o Corinthians acabou sendo derrotado, tendo quebrado uma sequência de 25 jogos sem saber o que era perder. Nessa sequência, o alvinegro conquistou a Libertadores da América e também o Brasileirão. 

O Corinthians entra em campo neste domingo em busca do ano perfeito. Esta é a quarta final que o time disputa em 2023, tendo sido campeão de tudo até agora: Supercopa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Libertadores.

Foto: Divulgação

Em 2021, o Corinthians conquistou a tríplice coroa. Agora, o clube pode alcançar o feito inédito de conseguir levantar o troféu de todas as quatro competições que disputou na temporada.

O São Paulo busca o seu primeiro título desde o retorno do time profissional feminino em 2019. O Tricolor não conquista o Paulistão Feminino desde 1999, quando foi bicampeão. Desde então, o time chegou à final em 2019 e 2021, perdendo em ambas as ocasiões justamente para o Corinthians.

Escalações de Corinthians e São Paulo

CORINTHIANS: Lelê; Kati, Tarciane, Mariza e Yasmin; Luana, Gabi Zanotti e Gabi Portilho; Tamires, Vic Albuquerque e Millene. Técnico: Rodrigo Iglesias

SÃO PAULO: Carlinha; Letícia Alves, Ana Alice, Mimi e Fê Palermo; Maressa, Aline Milene, Rafa Mineira e Micaelly; Ariel e Mariana Santos. Técnico: Thiago Viana

Não foi só Endrick: os jogadores que 'estouraram' no Brasil antes dos 20 anos Não foi só Endrick: os jogadores que 'estouraram' no Brasil antes dos 20 anos

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade