9 eventos ao vivo

Corinthians batia o Santos com gol épico e seguia rumo ao título paulista há 19 anos

13 mai 2020
08h15
atualizado às 08h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Maior vencedor do Campeonato Paulista, o Corinthians coleciona diversas partidas emocionantes no Estadual. Nesta quarta-feira, o Timão comemora 19 anos de uma das partidas mais épicas na competição, quando bateu o Santos por 2 a 1 na semifinal e se classificou para a decisão em que conquistaria o seu 24º título.

No dia 13 de maio de 2001, as duas equipes se enfrentaram em um Morumbi lotado. Com a melhor campanha, o Peixe tinha a vantagem do empate, depois do jogo de ida terminar em 1 a 1 na semana anterior. O duelo caminhava para a classificação do Alvinegro Praiano com a repetição do placar, mas Ricardinho marcou nos acréscimos para garantir a vaga corintiana.

O Santos, mesmo com a vantagem do empate, não ficou atrás e saiu na frente aos 34 minutos do primeiro tempo, com gol de cabeça de Renato. O Timão, entretanto, reagiu rápido e igualou o marcador no minuto seguinte com Marcelinho Carioca.

Na etapa final, a partida seguiu movimentada, mas as duas equipes não conseguiam balançar as redes. Com a igualdade do marcador, a torcida santista já comemorava a classificação, mas não contava com a última cartada do rival.

Aos 47 minutos, o Corinthians foi para o ataque derradeiro com Gil pela ponta esquerda. O atacante tirou o marcador da jogada e cruzou para a entrada da área. Marcelinho deu um corta luz com categoria para ludibriar a marcação e Ricardinho apareceu de trás para mandar a bomba e marcar o gol da classificação do Timão.

Os corintianos explodiram de alegria, enquanto os santistas pareceram não acreditar. O técnico Geninho até invadiu o campo para reclamar sobre o tempo com a arbitragem, mas a bola tocou a rede faltando exatos cinco segundos para os atingir os três minutos de acréscimos prometidos pelo árbitro.

A vitória épica deu um gosto ainda mais especial para a campanha heroica do Timão, que na primeira fase chegou a aparecer na penúltima colocação. Na decisão, os comandados de Vanderlei Luxemburgo bateram o Botafogo-SP e conquistaram o título do Campeonato Paulista daquele ano.

Veja também:

Saiba o destino dos "Novos Pelés" do futebol
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade