1 evento ao vivo

Clubes paulistas preparam ações para reembolsar torcedores durante a pandemia

Objetivo é não prejudicar quem paga mensalidades de sócio-torcedor ou adquiriu ingressos antecipados

20 mar 2020
15h11
atualizado às 16h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Os quatro principais times do futebol paulista têm preparado um plano de ações para resolver o possível prejuízo causado pela pandemia do novo coronavírus aos torcedores. As diretorias vão implementar um pacote de soluções para abater o dinheiro gasto com ingressos antecipados e mensalidades dos programas programas de sócio-torcedor para o período em que o calendário de competições estará suspenso.

Em resumo, trata-se de reembolsar ou elaborar maneiras para não prejudicar quem anteriormente havia comprado bilhetes para jogos e agora não sabe quando as partidas voltarão a ser realizadas. Dois clubes foram os primeiros afetados pelas medidas de circulação de pessoas impostas pela pandemia. São Paulo e Corinthians mandaram jogos no último fim de semana com os portões fechados pelo Campeonato Paulista e se comprometeram a devolver o dinheiro.

O clube do Morumbi enfrentou o Santos sem a presença da torcida e explicou no site oficial que quem comprou o ingresso na bilheteria, poderá retornar ao estádio nas duas próximas segundas-feiras para pegar o dinheiro. Em caso de compras pela internet, o cancelamento será de forma automática e o estorno estará registrado na próxima fatura do cartão de crédito.

Para quem adquiriu entradas para a partida contra o River Plate, pela Copa Libertadores, o ingresso será válido para o próximo jogo do time pela competição. Caso alguém não queira fazer a troca, poderá pedir o cancelamento. O São Paulo promete anunciar medidas especiais para quem comprou no início de ano um pacote de bilhetes para partidas do Paulista e da Libertadores.

O Corinthians divulgou medidas específicas para os participantes do programa de sócio-torcedor, o Fiel Torcedor. Quem adquiriu bilhetes para a partida contra o Ituano, realizada de portões fechados, poderão reverter o valor gasto em crédito para uma nova compra ou solicitar reembolso. Em breve a diretoria vai anunciar uma página específica para solucionar o problema, assim como um cronograma de devolução para quem fez a compra na bilheteria. A mesma situação se aplica para quem reservou entradas para o jogo que seria realizado com o Palmeiras, neste fim de semana.

O Palmeiras, inclusive, terá uma operação especial para quem é participante do sócio-torcedor Avanti. As mensalidades do mês de abril até a data em que os campeonatos forem retomados serão transformadas em créditos para a compra futura de ingressos dos jogos do time como mandante. Os valores acumulados serão válidos até 31 de dezembro de 2021.

O Santos avalia internamente a oferta de medidas parecidas para reduzir o prejuízo dos contribuintes do programa de sócio-torcedor. O clube deve anunciar nos próximos dias um formato parecido de compensação dos valores pagos nos meses em que não haverá a disputa de partidas pelo calendário estar suspenso.

"Ações para compensar o torcedor pelos benefícios não usados prometendo vantagens quando os jogos voltarem são simpáticas, boas para a imagem e sinalizam uma via de mão dupla. Mas, mesmo não sendo algo fácil, seria importante criar formas de interação com o programa neste momento, mesmo com a pausa, pois quem fica inadimplente agora tem menos probabilidade de acertar sua situação se estiver distante", disse o especialista André Monnerat, head de Negócios da Feng Brasil, empresa especializada em projetos de engajamento de torcedores e responsável pela venda de ingressos para a temporada do Allianz Parque e administradora dos programas de sócio-torcedor de Flamengo, Santos e Vasco.

Veja também:

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade