PUBLICIDADE

Campeonato Paulista

Azulão consegue empate heroico com o Bragantino e ajuda o Corinthians

16 fev 2019 - 18h33
(atualizado às 18h58)
Compartilhar
Exibir comentários

O São Caetano continua sem vencer no Campeonato Paulista, mas demonstrou muito poder de reação na tarde deste sábado. Recebendo o Bragantino no Anacleto Campanella, o Azulão foi para o intervalo perdendo por 4 a 1 e com um jogador a menos, mas reagiu no segundo tempo e conseguiu arrancar o empate por 4 a 4.

A principal razão para a goleada do Bragantino no primeiro tempo foi a expulsão de Douglas. O goleiro do Azulão recebeu cartão vermelho por falta em Wesley aos 29 minutos do primeiro tempo. Seu reserva Jacsson, que entrou no lugar do atacante Rafael Marques, acabou sofrendo os outros três gols da partida.

Com o empate, o São Caetano chega a quatro pontos, mas continua na lanterna do Grupo A, atrás de Santos, Red Bull Brasil e Ponte Preta. Apesar de ter sofrido o empate, o Bragantino foi a nove pontos e assumiu a liderança do Grupo C, que conta com Ferroviária, Corinthians e Mirassol.

O empate do Bragantino ajuda o Corinthians, que atualmente é o terceiro colocado do grupo. Se vencer o São Paulo no majestoso deste domingo, o Timão pode assumir a liderança do grupo caso a Ferroviária não vença o Palmeiras também neste domingo. Se vencesse, o Bragantino chegaria a 11 pontos e não poderia ser alcançado pelo time do Parque São Jorge.

O Bragantino é o primeiro dos times a voltar a campo. Na próxima sexta-feira, às 21 horas (de Brasília), o Massa Bruta recebe o surpreendente Novorizontino no estádio Nabi Abi Chedid. No sábado, às 16h30, o São Caetano vai a Campinas enfrentar o Guarani, que também faz boa campanha.

Primeiro tempo tem expulsão de goleiro e cinco gols

Tentando sua primeira vitória no Campeonato Paulista, o São Caetano começou a partida atacando e desperdiçou grande chance logo aos nove minutos. Capa cruzou rasteiro pela esquerda e encontrou Rafael Marques na área. De frente para o gol, o atacante finalizou por cima.

O gol perdido fez ainda mais falta já que o Bragantino melhorou e, aos 15 minutos, conseguiu abrir o placar. Em jogada semelhante à do São Caetano poucos minutos antes, Wesley cruzou pela ponta esquerda e Rafael Chorão, livre de marcação, finalizou de voleio no canto baixo de Douglas.

No meio do primeiro tempo, aos 29 minutos, o goleiro do São Caetano foi protagonista do lance que determinou o resultado. Douglas saiu da área e derrubou Wesley, que corria em direção ao gol sem marcação. O árbitro marcou falta e mostrou cartão vermelho para o camisa 1 do Azulão.

A expulsão de Douglas obrigou Pintado a sacrificar o ataque em prol de um novo goleiro. Rafael Marques foi substituído pelo reserva Jacsson. Para piorar a situação do time da casa, Wesley marcou o segundo gol do Bragantino no rebote da cobrança de falta.

O Bragantino transformou a vantagem em goleada ainda no primeiro tempo. Aos 35 minutos, Wesley recebeu de Matheus Peixoto e marcou pela segunda vez no Anacleto Campanella. O São Caetano descontou aos 40 em cobrança de pênalti de Bruno Mazenga, mas Matheus Peixoto aproveitou falha incrível do volante Willians na saída de bola e marcou o quarto do Bragantino aos 42 minutos.

São Caetano reage no segundo tempo

Tentando o que seria uma reação histórica, o São Caetano voltou bem do intervalo, aproveitando o ritmo mais cadenciado do Bragantino, e diminuiu a diferença logo aos dez minutos. O lateral direito Alex Reinaldo acertou um chute forte em cobrança de falta, deixando o goleiro Alex Alves sem reação.

Dois minutos depois, o São Caetano chegou ao seu terceiro gol no jogo e tornou o empate um sonho possível. O lateral esquerdo Capa, que levou perigo durante todo o jogo com cruzamentos pela esquerda, encontrou o zagueiro Joécio na área. O defensor subiu mais que os adversários e fez o terceiro do Azulão.

Mesmo com um jogador a menos, o time da casa continuou atacando e chegou ao empate heroico aos 41 minutos. Vitinho levantou a bola na área pela esquerda, Bruno Mazenga se antecipou ao goleiro e subiu mais que a defesa para marcar o quarto gol do São Caetano na partida.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade