0

Em jogo eletrizante, Criciúma busca empate heroico contra o Brusque

19 mar 2017
12h02
atualizado às 12h20
  • separator
  • comentários

O Criciúma chegou a ter a vantagem por duas vezes, levou a virada, mas buscou empate incrível neste domingo, ao ficar no 4 a 4 com o Brusque, pela segunda rodada do returno do Campeonato Catarinense. Ricardinho e Alex Maranhão, três vezes, fizeram para os mandantes, mas Neguette, Diego Giaretta (contra), Ricardo Lobo e Jonatas Belusso marcaram para os visitantes.

Com o resultado, o time dirigido por Deivid foi aos quatro pontos, mesmo número do Brusque. Ambos haviam vencido na estreia, e acabaram perdendo a campanha perfeita com a igualdade no Heriberto Hulse.

O Criciúma começou bem, se impondo dentro de casa. Aos 13, Barreto arriscou de fora da área. No caminho, a bola desviou em seu companheiro Ricardinho, enganando o goleiro Rodolpho: 1 a 0.

Ainda na primeira etapa, os dois times tiveram chances de marcar, mas não conseguiram. Caio Rangel e Ricardinho quase fizeram para o time de Deivid. Ricardo Lobo esteve perto de empatar para o Brusque, mas parou no arqueiro dos mandantes, Edson.

No segundo tempo, o jogo ficou ainda mais emocionante. Aos 21, Eliomar cobrou escanteio para a área e o zagueiro Neguette superou a defesa do Criciúma, deixando tudo igual.

Dois minutos depois, porém, a vantagem voltou para os donos da casa. Silvinho acionou Alex Maranhão, que conseguiu finalizar de primeira para marcar o gol que recolocou o Tigre na frente.

A alegria da torcida que compareceu ao Heriberto Hulse durou até os 32 minutos, quando o zagueiro Diego Giaretta tentou cortar cruzamento, mas acabou fazendo contra, decretando nova igualdade. E, aos 36, veio a virada.

Ricardo Lobo percebeu o goleiro Edson adiantado e arriscou por cobertura. A bola foi precisa, no alto, colocando os visitantes na frente pela primeira vez na partida. Aos 40, o time de Pingo aumentou, marcando o quarto gol, com Jonatas Belusso.

Contudo, o inacreditável aconteceu. Aos 43, Alex Maranhão fez seu segundo na partida, cobrando falta. O tento reacendeu as esperanças dos mandantes, e, aos 47, o mesmo Alex Maranhão marcou o terceiro, conseguindo o empate heroico.

Na próxima rodada, o Criciúma visita o Joinville, que venceu os dois jogos até agora no segundo turno do Catarinense. O Brusque, por sua vez, pega o Metropolitano, dentro de casa.

Almirante Barroso volta a vencer

Em outra partida realizada na manhã deste domingo, o Almirante Barroso voltou a vencer no Catarinense, após uma sequêcia de seis partidas sem triunfos. Em casa, a equipe fez 2 a 1 no Inter de Lages, marcando os primeiros pontos no segundo turno.

Jefferson Paulista e Safira fizeram, no primeiro tempo, para o time de Itajaí. Já na segunda etapa, Paulo Victor descontou, mas não foi suficiente para os visitantes.

Na próxima rodada, o Almirante segue sua luta contra o rebaixamento diante da Chapecoense, novamente no estádio Camilo Mussi. O Inter, que também não está livre dos riscos de queda, pega o Figueirense, em casa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade