2 eventos ao vivo

Vaiado pela torcida, Guto reclama de falta de tempo para trabalhar

28 jan 2018
16h41
atualizado às 16h41
  • separator
  • comentários

Neste sábado, o Bahia empatou em 0 a 0 com o Fluminense de Feira pelo Campeonato Baiano e segue sem conseguir empolgar na competição. Nos minutos finais da partida, a torcida disparou contra o técnico Guto Ferreira, gritando: "adeus, Guto". Após a partida, o comandante analisou o rendimento do time e reclamou da falta de tempo para trabalhar com seus jogadores.

"Falta tempo para elevar da melhor maneira possível as questões físicas, técnicas e táticas. Não tenho como dizer o tempo. Quando cheguei aqui em 2016, também tivemos um processo de crescimento que ficou muito por um espaço de tempo para elevar. A gente só joga e não recupera 100%. A equipe, ao invés de subir, ela desce. Mesmo com todas as trocas que estou fazendo. E as trocas indicam uma queda de conjunto. Procuro trabalhar olhando para frente buscando os resultados mesmo com desempenhos inferiores do que a gente gostaria, mas não colocando a mesma equipe correndo risco de lesões", analisou o treinador, que vem tendo dois jogos por semana.

Guto também lamentou o empate e falou sobre esse rodízio que vem fazendo na equipe para poder condicionar melhor os atletas e não perdê-los por lesão.

"Início de temporada é aquilo que a gente fala. O tempo que estamos tendo é para descansar. O rodízio que estamos fazendo, estamos buscando, correndo risco de perder o entrosamento, para ganhar o maior número de jogadores com uma condição melhor. Hoje (sábado) estreou Kayke, Grolli, Allione, Becão, que fez o primeiro jogo na temporada. Depois o menino que entrou, com 17 anos. Para o próximo jogo a gente tem que ver o que vai fazer na lateral. Se a gente vai seguir com o João Pedro Ribeiro ou se vai fazer um improviso porque as três opções que temos estão lesionadas", avaliou.

O Bahia volta a campo na próxima terça-feira, quando vai ao Piauí enfrentar o Altos pela segunda rodada da Copa do Nordeste - o Tricolor perdeu na estreia da competição. O elenco já se reapresentou na manhã deste domingo, no Fazendão, para o último treino em Salvador antes do jogo. Os atletas que não atuaram contra o Fluminense de Feira fizeram algumas atividades táticas, simulando situações de jogo. O duelo acontece às 22h45 (de Brasília).

"O Bahia tem obrigação de ganhar sempre. E nós vamos trabalhar por isso. Precisamos ganhar nessa condição toda. Vamos trabalhar para isso. Infelizmente, dos últimos quatro jogos, ganhamos um só. Importante que nesse jogo não tomamos gol. É um fator importante", concluiu o treinador.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade