0

Fernandão analisa momento do Bahia e defende Enderson Moreira

19 mar 2019
18h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O elenco do Bahia se reapresentou, nesta terça-feira, no CT do clube. Autor de quatro gols na última partida, contra o Jequié pelo Campeonato Baiano, Fernandão concedeu entrevista coletiva e falou sobre o momento do clube na temporada.

O centroavante teve o nome gritado pela torcida no último jogo, mas mesmo assim deixou claro que prefere manter a cautela no momento.

"Vou sempre manter meus pés no chão. Deixo isso tudo para o lado do torcedor. Daqui a uns dias, posso ficar dois  ou três jogos sem fazer gol. Agradeço o carinho que eles têm por mim, mas eu tenho que fazer muita coisa para ser algo aqui no Bahia", falou Fernandão.

O desempenho da equipe em 2019 é criticado por parte da torcida. O Bahia classificou-se em terceiro lugar para as semifinais do Campeonato Baiano e, na Copa do Nordeste, o Tricolor ocupa apenas a sexta posição do Grupo B.

"Não me lembro da equipe ter jogado mal, mas infelizmente alguns resultados não foram positivos. A gente se cobrou, sabemos da nossa capacidade. Nossa posse de bola é extraordinária, mas infelizmente não estavam vindo os resultados, mas jogar, a gente estava jogando", ressaltou o centroavante.

O treinador Enderson Moreira já está pressionado no cargo, mas na última sexta-feira, Fernandão e mais alguns jogadores do elenco foram aos microfones para defender o treinador. Nesta segunda, o centroavante voltou a respaldar Enderson.

"Entendo a torcida cobrar, mas, dentro de campo, são os jogadores. A culpa não é só dele, é todo mundo junto. Ele escala os melhores e, dentro de campo, a gente tem que resolver", declarou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade