0

Edcarlos explica ausência no Vitória e comenta baixo público no Barradão

26 fev 2019
18h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Artilheiro do Vitória na temporada, o zagueiro Edcarlos será reforço para a equipe do técnico Marcelo Chamusca tentar interromper uma sequência de quatro sem jogos nesta quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), quando enfrenta Atlético-BA, no Barradão, pelo Campeonato Baiano.

Após deixar a partida contra o Ceará, pela Copa do Nordeste, e não atuar diante do Juazeirense, pelo Campeonato Baiano, o defensor disse, em entrevista coletiva nesta terça-feira, que aproveitou o período de ausência para aprimorar a parte física.

"Foi um edema (o motivo da ausência), já veio o desconforto (contra o Ceará), e percebi que tinha que sair da partida. Tive uma semana boa de trabalho, pude trabalhar outras coisas nestes dias e não pude ir para o jogo (diante do Juazeirense) por prevenção também, desgaste da viagem, para estar mais fortalecido para as próximas partidas", explicou.

Apesar do baixo público em partidas dessa temporada no Barradão - média de pouco mais de 2.800 pagantes -, o Vitória aposta no fator da casa para reencontrar o caminho dos triunfos. Sem perder como mandante em 2019, Edcarlos foi sereno ao responder sobre a participação da torcida rubro-negra em duelos dentro de seus domínios.

"Não desmotiva (o Barradão vazio), pelo fato de que a nossa preocupação maior é fazer valer esses cinco mil torcedores. Nossa preocupação maior é por eles, procurar melhorar, crescer e dar resposta positiva para eles. Consequentemente, vão contagiar os outros, que vão voltar. Nossa equipe está pagando pelos outros anos, nas campanhas que não foram bem sucedidas", analisou.

"Não temos tido bom futebol, vistoso, mas estamos procurando ser efetivos. Somos líderes da competição, que é muito importante. Procuramos continuar líderes, classificar e buscar o título. Assim o torcedor vai se aproximar da gente", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade