0

Cláudio Prates reclama de erros em lances capitais em jogo do Bahia

7 fev 2019
14h34
atualizado às 14h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Na última quarta-feira, o Bahia apenas empatou com o Atlético de Alagoinhas pelo campeonato estadual e viu sua distância para o líder Bahia de Feira aumentar para cinco pontos (o Vitória também possui dez pontos). Cláudio Prates foi quem comandou a equipe e não poupou críticas à arbitragem.

"Vocês vão me ver falar muito pouco, mas eu fiz questão de pegar com o analista. A bola não saiu toda, gol claro do Caique e o pênalti achei bem mais pênalti do que o que eles tiveram. Ele apóia nas costas do Matheus (Silva) e segura o braço do Matheus. Já falei que os atletas poderiam dar mais, a gente poderia e eu me coloco no meio também, mas infelizmente foram lances capitais", avaliou o comandante.

O auxiliar também destacou o poder de reação dos jogadores após o gol sofrido no início do primeiro tempo, já que o empate veio logo depois. Porém, Prates também admitiu que faltou tranquilidade com a bola nos pés para conquistar o triunfo.

"Acho que a gente continuou a pecar até pela voluntariedade dos meninos. Logo que a gente sofreu o gol, a gente já teve a situação logo de empate e estavam sendo muito verticais. Mas o campo e o clima não favoreciam isso. Tínhamos que ter circulado um pouco mais a bola", concluiu.

O Bahia entrou em campo na última quarta com o time "B", já que nesta quinta estreia contra o Liverpool-URU na Copa Sul-Americana. É o segundo ano consecutivo da equipe no torneio. Em 2018 foi eliminada nos pênaltis nas quartas de final pelo Athlético-PR. Já pelo Campeonato Baiano, o próximo compromisso da equipe é contra o Jacobina às 16 horas de domingo, na Fonte Nova.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade