1 evento ao vivo

Entre os grandes, São Paulo e Botafogo sofrem nos Estaduais

Os dois ainda brigam por vaga na fase decisiva de seus campeonatos

18 mar 2019
10h00
atualizado às 14h15
  • separator
  • comentários

Dos clubes mais populares do País, apenas dois chegam à reta final dos respectivos Estaduais com campanhas decepcionantes para seus torcedores. O São Paulo corre o risco sério de não se classificar para as quartas de final do Paulista, situação que se agravou com a derrota nesse sábado (15) para o Palmeiras, por 1 a 0, no Pacaembu. No Rio, após empate com o Fluminense por 1 a 1, nesse domingo, o Botafogo vive um drama mais agudo – precisa de uma combinação de resultados para manter viva a esperança do bicampeonato.

Hernanes, do São Paulo, e Diego Souza, do Botafogo
Hernanes, do São Paulo, e Diego Souza, do Botafogo
Foto: SERGIO BARZAGHI/Gazeta Press; e André Fabiano/Gazeta Press / Gazeta Press

A tarefa do Tricolor do Morumbi pode até ser ingrata. Mas o time depende só de si na última rodada da primeira fase para não passar vexame e ser eliminado. Vai enfrentar o São Caetano fora de casa e com uma vitória assegura sua presença nas quartas de final. Na verdade, a vaga pode vir até com uma derrota, desde que o Oeste não vença o Mirassol, em Barueri.

Para quem pensa que ganhar do São Caetano, que faz péssima campanha na temporada, não é missão complicada, vale lembrar que o time do ABC está lutando contra o rebaixamento e tem de vencer essa partida para tentar se livrar da queda.

Pelo Carioca, ao tropeçar contra o Fluminense, no Maracanã, o Botafogo ficou mais distante da fase final da competição. Pela soma de pontos na classificação geral, o time não tem mais como pleitear uma vaga na semifinal decisiva do campeonato. Resta-lhe tentar chegar à semifinal da Taça Rio (segundo turno) para continuar na briga. O problema é que faltam apenas duas rodadas para a definição dos que vão lutar pelo título e o Botafogo soma apenas 5 pontos em seu grupo, enquanto Bangu e Cabofriense têm 9 e o Flamengo, 8. Os dois melhores avançam.

Veja também:

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade