0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Em jogo emocionante, Ceará marca nos acréscimos e vence o Brasil-RS

10 jun 2017
18h41
atualizado às 18h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O jogo entre Ceará e Brasil de Pelotas, realizado no sul do país, foi recheado de reviravoltas. O time nordestino chegou a abrir 2 a 0 e sofrer o empate. No entanto, aos 46 do segundo tempo, Rafael Carioca acertou um grande chute de fora da área e confirmou a vitória do Vovô por 3 a 2.

O experiente técnico Givanildo Oliveira colocou em campo um time muito ofensivo e conseguiu alcançar seu objetivo logo no início do jogo. Em cobrança de escanteio, o zagueiro Rafael Pereira subiu mais que o adversário e testou firme, marcando o primeiro gol. Com tranquilidade, o Ceará ampliou no segundo tempo, com o jovem atacante Arthur. O Brasil-RS mudou sua postura e, com dois gols de Lincom, chegou ao empate. Já no fim do jogo, Rafael Carioca arriscou de fora da área e garantiu a vitória do Vovô.

Com o resultado o Ceará chegou a 10 pontos e encostou no G4 da competição. Enquanto isso, o Brasil de Pelotas estacionou nos 8 pontos. Na próxima rodada, o Ceará encara o Santa Cruz, no estádio Castelão. Já o Brasil-RS mede forças contra o Luverdense, também fora de casa.

O jogo - Jogando em casa, o Brasil de Pelotas tinha como objetivo pressionar o Ceará nos primeiros minutos de jogo afim de conseguir um gol. No entanto, logo aos 4 minutos o zagueiro Rafael Pereira frustrou os planos do time da casa. Após cobrança de escanteio, o jogador cabeceou e ainda contou com uma furada espetacular do zagueiro adversário para abrir o placar.

O gol fez com que o ofensivo time de Givanildo Oliveira ficasse mais recuado, deixando o Brasil tocar a bola. O clube do Rio Grande do Sul, por sua vez, encontrava muitas dificuldades em armar jogadas ofensivas, e pecava nas ligações diretas. Abusando do chutão, o Brasil pouco pressionava e finalizava sem perigo ao gol defendido por Éverson. Quando conseguiu chegar, o goleiro do Ceará realizou boa defesa, na cabeçada de Rafinha.

No segundo tempo, o Ceará retornou com o mesmo objetivo: segurar o resultado e apostar nos contra-ataques. Já o Brasil-RS voltou mais ofensivo, arriscando chutes de fora da área e bolas cruzadas na área. Aos 11 minutos, Lincom conseguiu se posicionar bem e testou firme, mas viu o goleiro Éderson realizar boa defesa.

Quando o Brasil-RS passava a gostar do jogo, o Ceará deixou a torcida no Bento Freitas calada. A defesa do time anfitrião saiu jogando errado e Tiago Cametá lançou para o jovem Arthur. O atacante chutou de primeira e marcou um belo gol: 2 a 0.

Com o revés o Brasil-RS mudou sua postura na partida e passou a agredir o Ceará. Depois de realizar uma verdadeira blitz no ataque, o clube finalmente conseguiu furar a defesa nordestina. O atacante Lincom percebeu o mau posicionamento do goleiro Éverson e finalizou por cima do arqueiro, marcando um belo gol.

Em um melhor momento na partida, o Xavante percebeu o Ceará confuso em campo e contou novamente com a estrela de Lincom para empatar. Após cruzamento na área, Éverson espalmou e deu rebote, que Lincom não perdoou: 2 a 2. Depois de sofrer dois gols, o Ceará abriu mão da defesa e foi recompensado. Aos 45 minutos, Rafael Carioca arriscou chute de fora da área e acertou o canto direito de Éverson, garantindo a vitória do Vovô: 3 a 2.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 2 X 3 CEARÁ

Local: Bento Freitas, em Pelotas - RS

Data: 09 de junho de 2017, sábado

Horário: 16h30 (Brasília)

Árbitro: Rodrigo Alonso Ferreira (SC)

Assistentes: Carlos Berkenbrock e Helton Nunes (ambos de SC)

Cartão amarelo: Romário, Felipe Menezes e Rafael Carioca (BRASIL-RS)

GOL:

CEARÁ: Rafael Pereira aos 4 minutos do primeiro tempo, Arthur aos 15 do segundo e Rafael Carioca aos 45 do segundo tempo

BRASIL DE PELOTAS: Lincom aos 28 e aos 35 minutos do segundo tempo

BRASIL DE PELOTAS: Eduard Martini; Wender, Leandro Camilo, Evaldo (Teco) e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Rafinha e Wagner; Bruno Lopes (Marcinho) e Lincom

Técnico: Rogério Zimermman

CEARÁ: Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio (Valdo) e Romário; Raul, Richardson, Felipe Menezes (Jackson Caucaia) e Rafael Carioca; Roberto e Arthur (Wallace Pernambucano)

Técnico: Givanildo Oliveira

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade