1 evento ao vivo

Em Caxias, Grêmio busca vitória sobre Fortaleza para deixar zona de rebaixamento

Renato Gaúcho tem problemas na lateral-esquerda para confronto no estádio Centenário, às 19h

8 jun 2019
14h31
  • separator
  • 0
  • comentários

Em Caxias do Sul, onde enfrenta o Fortaleza neste sábado, às 19 horas, no estádio Centenário, o Grêmio busca apenas a segunda vitória no Campeonato Brasileiro para se reabilitar da última derrota para o Bahia no torneio e deixar a zona de rebaixamento. O duelo é válido pela oitava rodada.

O confronto será em Caxias do Sul porque a Arena do Grêmio está cedida para os jogos da Copa América, que começa na próxima sexta-feira. Venezuela x Peru, no dia 15, será o primeiro duelo no estádio gremista. O clube gaúcho geralmente atua no Alfredo Jaconi, casa do Juventude, quando não tem sua arena à disposição, mas neste caso escolheu o Centenário por conta da qualidade do gramado.

Com um início muito abaixo do que esperavam os torcedores, o time gaúcho ocupa a zona de rebaixamento e tem apenas cinco pontos somados até aqui, fruto de um triunfo sobre o Atlético-MG e dois empates com Avaí e Corinthians. A instabilidade impediu que a equipe, postulante ao título antes de o torneio começar, brigasse, pelo menos neste começo, pelos primeiros lugares.

O técnico Renato Gaúcho tem dito frequentemente nas entrevistas que tem plena confiança de que seus comandados irão decolar no Brasileirão e subir para os primeiros lugares. No entanto, por enquanto, a equipe tricolor, além de não estar conseguindo deslanchar, também não tem apresentado um bom futebol.

O treinador terá problemas para escalar a equipe e será obrigado a improvisar. Sem Cortez, machucado, e Juninho Capixaba, suspenso pelo acúmulo de cartões, não há laterais-esquerdos de origem disponíveis para o jogo. Renato Gaúcho deve improvisar o lateral-direito Leonardo Gomes para o setor, o que fará o veterano Léo Moura assumir o posto na direita. O jovem volante Darlan também é uma opção de improvisação.

No meio, Michel, com dores no joelho, também é desfalque. Sem Matheus Henrique, que está com a seleção brasileira olímpica (sub-23) na França para a disputa do Torneio Maurice Revello, o antigo Torneio de Toulon, o companheiro de Maicon deve ser Thaciano. Darlan também pode ser utilizado no meio.

Luan participou de alguns treinos durante a semana, mas o atacante ainda não está apto para voltar e continua fora. Pepê e Diego Tardelli disputam uma vaga no lado do ataque. É provável que o primeiro seja o titular. No comando de ataque, em melhor fase do que o concorrente André, Felipe Vizeu seguirá entre os titulares.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade