0

Dudamel esbanja otimismo: 'A Venezuela veio ao Brasil para chegar à decisão'

Técnico venezuelano quer se protagonista; seleção estreia neste sábado, contra o Peru, em Porto Alegre

14 jun 2019
18h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Rafael Dudamel esbanjou otimismo, nesta sexta-feira, ao analisar as possibilidades da seleção venezuelana na Copa América. "A Venezuela veio para o Brasil para ser protagonista e chegar à decisão", disse o treinador, em entrevista coletiva.

Integrante do Grupo A, o time venezuelano estreia na competição continental neste sábado, às 16 horas, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, diante do Peru. As duas seleções estão na mesma chave de Brasil e Bolívia, que se enfrentam nesta sexta, às 21h30, no Morumbi, em São Paulo, no confronto que abrirá esta edição do torneio.

"Viemos aqui para ser protagonistas da Copa e nos despedirmos em 7 de julho (data da final), sabemos as responsabilidades que isso implica e estamos dispostos a assumi-las", completou Dudamel, ao destacar "o comprometimento dos jogadores" para justificar tanta confiança, sem deixar de respeitar os seus adversários.

Sobre o confronto com os peruanos, o treinador venezuelano afirmou que espera mais um duelo "equilibrado". Segundo o comandante, o estilo de jogo das equipes é "semelhante", o que torna a disputa previsível, mas muito difícil.

Responsável pela reformulação do futebol venezuelano, vice-campeão mundial sub-20, ao perder para a Inglaterra, em 2017, Dudamel aponta a chave do sucesso de sua equipe o fato de reunir "23 campeões felizes na seleção".

A Venezuela "sorriu" no último amistoso de preparação para a Copa América, no último domingo, quando venceu os Estados Unidos, em território norte-americano, por 3 a 0, com dois gols de sua estrela Salomón Rondón.

Depois do Peru, neste sábado, a Venezuela enfrenta o Brasil, terça-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e fecha sua participação na primeira fase da Copa América diante da Bolívia, no dia 22, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade