0

Diniz compara Ganso a De Bruyne: "Para mim, é um gênio"

4 out 2019
19h54
atualizado às 20h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Fernando Diniz foi o principal responsável pela contratação de Ganso no Fluminense, no início deste ano. Fã do meia, o treinador nunca escondeu a admiração pelo jogador, que se encaixa no modelo de jogo proposto pelo técnico. Em entrevista ao canal Desimpedidos, Diniz não poupou elogios ao camisa 10 do Tricolor das Laranjeiras.

"O Ganso, para mim é um gênio. É um cara que joga no nível de De Bruyne, em termos de condição de genialidade. Quando dá a bola para o Ganso, você pensa que agora não tem mais o que fazer, vai perder a bola. Mas ele sempre tem alguma coisa para fazer", afirmou o técnico.

No Fluminense, Ganso passou a atuar em uma posição mais recuada (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
No Fluminense, Ganso passou a atuar em uma posição mais recuada (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Foto: Gazeta Esportiva

Fernando Diniz também comentou sobre os ajustes táticos que realizou para que Ganso fosse mais participativo em campo. O treinador rebate as alegações de que o meia não mostra entrega e disposição em campo, revelando que teve uma conversa com o jogador, convencendo-o da necessidade de se adaptar a outro estilo de jogo.

"Comigo ele teve (entrega) e acho que está tendo agora. Está jogando quase como um segundo volante nos últimos jogos do Fluminense, ele rouba bola. No jogo contra o Inter, o Ganso foi o segundo jogador no campeonato todo com mais ações em uma única partida", completou Diniz.

"Comigo, ele não foi o jogador que estava sendo. A conversa que tive com o Ganso foi que venderam para ele um pacote de carreira, que ele se permitiu comprar, mas que não era para ter comprado. Disseram que ele poderia ficar parado, que as coisas iam acontecer, mas isso deixa ele em uma situação que não o faz ativo no jogo coletivo", finalizou.

Depois de rescindir com o Sevilla, Ganso assinou contrato de cinco anos com o Fluminense. Desde que chegou ao clube, o jogador já disputou 36 jogos e marcou cinco gols.

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade