1 evento ao vivo

Descansado, Rodriguinho torna-se o trunfo de Carille para o clássico

1 mar 2018
13h08
  • separator
  • 2
  • comentários

O Corinthians já cumpriu 2/3 daquela apontada como a semana mais complicada deste início de temporada, mas ainda tem um duro desafio contra o Santos, neste domingo, às 17h (de Brasília), no estádio do Pacaembu. Preocupado com o estado físico do seu elenco após a grande vitória sobre o Palmeiras e o brigado empate com o Millonarios-COL, o técnico Fábio Carille tem no meia Rodriguinho o seu trunfo para o duelo.

Fora do embate em Bogotá para cumprir uma suspensão automática, decorrente de um cartão vermelho recebido na Copa Sul-Americana do ano passado, o armador treinou normalmente nos dois últimos dias e está com o "tanque cheio", como ele mesmo gosta de dizer quando recebe uma semana de descanso antes de retornar a uma partida oficial.

Principal nome do Derby, ele deve comandar um time alternativo para o confronto frente ao time da Vila Belmiro, que também tem uma complicada logística pela frente (encara o Real Garcilaso nos 3.750m de altitude de Cusco, nesta quinta). Os primeiros indícios a respeito de quem atuará, porém, só serão observados na atividade marcada para a sexta-feira, no CT Joaquim Grava.

Com jogos nos meios e finais de semana assegurados até o próximo embate pela Libertadores da América, contra o Deportivo Lara-VEN, no dia 14, o Timão pode ver essa série se estender caso cumpra as expectativas e avance para o mata-mata do Estadual. Chegando à final, o elenco só descansaria na semana entre 1º e 8 de abril, datas marcadas para as decisões.

Dessa forma, um descanso para os atletas é visto como provável pela comissão, que poderia realizá-lo também no duelo de quarta-feira, contra o Mirassol, em Itaquera. O que impede a certeza sobre o assunto é justamente o desempenho errante antes do Derby, com apenas um ponto conquistado em três jogos, que impediu a criação de uma "gordura" na liderança do Grupo A do Paulista.

Hoje dois pontos à frente do Ituano, segundo, e quatro acima do Bragantino, quarto, o Timão pode ver sua situação complicar caso não some ao menos três pontos nos próximos dois jogos. Resta saber qual dos caminhos Fábio Carille escolherá como o mais necessário para o futuro corintiano.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 2
  • comentários
publicidade