0

Decisivo para o Sport, Magrão pede para que elenco mude a postura

16 mai 2017
16h28
atualizado às 16h28
  • separator
  • 0
  • comentários

Se for analisar somente o desempenho nas duas últimas partidas, qualquer torcedor do Sport ficaria pessimista para o duelo desta quarta-feira, diante do Bahia, pelo primeiro jogo da final da Copa do Nordeste. No entanto, apesar de ter sido presa fácil contra Danubio e Ponte Preta, pela Sul-Americana e Campeonato Brasileiro, respectivamente, o Leão goza de uma marca positiva na temporada: venceu todos os mata-matas que disputou até então. Para pedir mudança de postura, o goleiro Magrão inclusive relembrou um destes momentos.

"Tem que mudar a postura porque nos últimos jogos fomos presas fáceis para os adversários e ficamos sentidos com o futebol que apresentamos. Um jogo que eu tenho guardado é o diante do Santa Cruz. Tínhamos a obrigação de fazer dois gols, fomos na casa do adversário e fizemos o resultado", afirmou o arqueiro ao site oficial do clube.

A marca de ter vencido todos os confrontos mata-matas no ano foi motivo para o goleiro mostrar-se otimista. Ele destacou o perfil decisivo da equipe, o que pode ser um ponto a favor do Leão na final em questão.

"Quando o time precisa vencer, mostra que tem condições. Mesmo com os números negativos (recentes), já mostramos em algumas partidas um bom futebol e isso nos dá esperança de acreditar e mostrar de novo que somos capazes de construir o resultado, fazer bons jogos e conquistar as vitórias", completou o arqueiro que garantiu a classificação do Leão na Sul-Americana.

O elenco comandado por Ney Franco vai ao CT José de Andrade Médicis, na tarde desta terça-feira, para fazer o último treinamento antes do confronto com o Bahia - após as atividades, o grupo entra em regime de concentração para a partida.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade