PUBLICIDADE

De virada, Sport vence a Ponte Preta e assume a vice-liderança da Série B

Mostrando poder de reação, equipe pernambucana conquista importante resultado para manter-se no G4; Macaca cai para as últimas posições

3 jun 2022 - 00h24
(atualizado às 00h24)
Ver comentários
Publicidade

Em situações opostas na Série B do Brasileiro, Sport e Ponte Preta mediram forças em duelo pela 10ª rodada, marcado inicialmente para a última terça-feira, mas devido às fortes chuvas em Recife acabou sendo adiado para esta quinta-feira. O Leão levou a melhor vencendo por 2 a 1, de virada, com gols de Luciano Juba e Vanegas. Lucca fez para o clube paulista.

Com o resultado, a equipe comandada por Gilmar Dal Pozzo chegou aos 18 pontos, pulando para a 2ª colocação. Já o time treinado por Hélio dos Anjos, por conta do revés, acabou caindo para o Z4, na 18ª colocação, com seus 9 pontos somados até o momento.

Sport venceu e subiu na tabela da Série B (Foto: Reprodução/SporTV)
Sport venceu e subiu na tabela da Série B (Foto: Reprodução/SporTV)
Foto: Lance!

PONTE PRETA SAI NA FRENTE

Apesar do Sport impor sua força nos primeiros movimentos da etapa inicial, assustando em algumas chegadas com Parraguez e companhia, foi a Ponte, aos 12 minutos, quem conseguiu abrir o marcador na Arena Pernambuco. Após penalidade marcada de Sabino sobre Danilo Gomes, Lucca, soltando uma bomba no meio do gol, fez o primeiro da Macaca para vibração do camisa 10.

Após o gol, o Leão não quis saber de perder tempo e partiu em busca do empate. Entretanto, mesmo acionando Parraguez no ataque, pouco conseguia oferecer perigo ao goleiro Caíque França, que apenas mantinha-se atento às investidas do adversário até meados dos 30 minutos.

VISITANTES TENTAM AMPLIAR, MAS SEM SUCESSO

Já na reta final de etapa, a equipe treinada por Hélio dos Anjos não queria sair de campo apenas com a vantagem mínima e quase conseguiu marcar mais um. Até os acréscimos, em dois arremates de Echaporã e Lucca, por muito pouco a bola não balançou a rede do gol defendido por Maílson, mantendo o placar em 1 a 0.

SPORT ADOTA POSTURA OFENSIVA E CONSEGUE A VIRADA

Com ambos os comandados apostando em duas trocas cada um na volta para a etapa final, quem se deu melhor foi Gilmar Dal Pozzo. Em cinco minutos, o Leão conquistou a virada marcando com Luciano Juba, deixando tudo igual em 1 a 1, e Vanegas, que havia entrado no lugar de Giovanni, para fazer o segundo do Leão no jogo.

LEÃO SEGURA O RESULTADO

Com o tempo passando, foi a vez da Ponte correr atrás o prejuízo. Entretanto, mesmo com novas substituições, a equipe da casa, que também chegou a ser modificada, ainda teve uma grande chance com Luciano Juba, antes de sair nos acréscimos, dando a deixa para o árbitro, momentos depois, soprar o apito para encerrar o confronto na Arena Pernambuco.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2x1 PONTE PRETA

Data e horário: 02/06/2022, às 21h30 (de Brasília)

Local: Arena Pernambuco, em Recife (PE)

Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)

Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões Amarelos: Norberto, 50'/1ºT; Ronaldo Henrique, 34'/2ºT; Rafael Thyere, 35'/2ºT; Fessin, 36'/2ºT; Sabino, 38'/2ºT; Luiz Fernando, 43'/2ºT; Pedro Naressi, 49'/2ºT

Gols: Lucca, 12'/1ºT (1-0); Luciano Juba, 3'/2ºT (1-1); Vanegas, 5'/2ºT (2-1)

SPORT: Maílson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Fabinho (Ronaldo Henrique, aos 22'/2ºT), Bruno Matias, Everton Felipe (Thiago Lopes, aos 22'/2ºT), Giovanni (Vanegas, no intervalo) e Luciano Juba (Pedro Naressi, aos 47'/2ºT); Parraguez (Kayke, no intervalo).

(Técnico: Gilmar Dal Pozzo)

PONTE PRETA: Caíque França; Norberto (Bernardo, no intervalo), Fábio Sanches, Fabrício e Artur; Amaral (Wallisson, no intervalo), Léo Naldi e Ramon (Luiz Fernando, aos 22'/2ºT); Echaporã (Fessin, aos 10'/2ºT), Danilo Gomes e Lucca.

(Técnico: Hélio dos Anjos)

Lance!
Publicidade
Publicidade